Richard Zimler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Richard Zimler
Data de nascimento 1 de janeiro de 1956 (59 anos)
Local de nascimento Roslyn Heights, Nova Iorque
Nacionalidade Povo dos Estados Unidos norte-americano
Portugal português
Ocupação Romancista
Movimento Ficção histórica
Magnum opus Trevas de Luz
Cônjuge Alexandre Quintanilha (1978 -presente)
Página oficial www.zimler.com

Richard Zimler (Roslyn Heights, Nova Iorque, 1 de Janeiro de 1956)[1] é um jornalista, escritor e professor norte-americano naturalizado português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Richard Zimler nasceu em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque, em 1956. É formado em Religião Comparativa pela Universidade de Duke (1977) e mestre em Jornalismo pela Universidade de Stanford (1982). Depois de se formar, trabalhou durante oito anos como jornalista na zona administrativa da Baía de São Francisco. Radicou-se em Portugal em 1990, residindo desde então na cidade do Porto. Deu aulas na Escola Superior de Jornalismo e na Universidade do Porto durante 16 anos, lecionando disciplinas na área do Jornalismo. Obteve a nacionalidade portuguesa em 2002.

Obra[editar | editar código-fonte]

Zimler tem publicado vários romances, alguns dos quais se tornaram bestsellers em diversos países, e já ganhou prémios como o National Endowment of the Arts Fellowship in Fiction, em 1994, e o Herodotus Award para o melhor romance histórico, em 1998.

Quatro dos seus romances - Meia-Noite ou o Princípio do Mundo, Goa ou o Guardião da Aurora, A Sétima Porta e Os Anagramas de Varsóvia - foram propostos para o Prémio Literário Interncional IMPAC.

A título da obra «Goa ou o Guardião da Aurora» (Le Gardien de L'Aube), foi-lhe atribuído o prémio literário Alberto Benveniste 2009, destinado a romances em língua francesa que se enquadrem no programa do Centro Alberto Benveniste (Estudos Judeo-Sefarditas). Zimler recebeu o galardão no dia 26 de janeiro de 2009, na Sorbonne.

O seu primeiro livro para crianças, lançado em 2009, tem por título «Dança Quando Chegares ao Fim: bons conselhos de amigos animais» e ilustrações de Bernardo Carvalho. O seu segundo livro infantil, lançado em 2011, tem por título «Hugo e Eu e as Mangas de Marte» e é também uma colaboração com Bernardo Carvalho. O seu terceiro livro para crianças, editado em 2014, tem por título «Se Eu Fosse» e ilustrações de Aurélie de Sousa.

Em 2009, Zimler escreveu o guião para «O Espelho Lento», uma curta-metragem baseada num dos seus contos. O filme foi rodado em julho de 2009 pela realizadora luso-sueca Solveig Nordlund. Tem como atores principais Gracinda Nave, Marta Peneda e o próprio Zimler. Em maio de 2010, «Espelho Lento» venceu o prémio de melhor drama no sexto festival de curtas-metragens Downtown, de Nova Iorque.

Em janeiro de 2010, o seu romance «Os Anagramas de Varsóvia» foi nomeado «Livro do Ano 2009» pela revista portuguesa Ler e um dos 20 melhores livros da década 2000–2009 pelo jornal diário Público.

Obras publicadas[editar | editar código-fonte]

  • O Último Cabalista de Lisboa (Lisboa: Quetzal Editores, 1996, tradução: José Lima; São Paulo: Companhia das Letras, 1997; adaptação para o português do Brasil: Rosa Freire d'Aguiar) — romance histórico cuja ação decorre em 1506 entre os judeus forçados; as principais personagens pertencem a uma família de cristãos-novos residente em Alfama, cujo patriarca, Abraão Zarco, é iluminador e membro da célebre escola cabalística de Lisboa.[2]
  • Trevas da Luz
  • Meia-Noite ou o Princípio do Mundo
  • Goa ou o Guardião da Aurora (2005)
  • À Procura do Sana
  • A Sétima Porta
  • Confundir a Cidade com o Mar
  • Dança Quando Chegares ao Fim (livro para crianças)
  • Os Anagramas de Varsóvia (2009)
  • Ilha Teresa (publicado no Brasil com o título Strawberry Fields Forever)
  • Hugo e Eu e as Mangas de Marte (livro para crianças)
  • A Sentinela (2013)
  • Se Eu Fosse (2014) (livro para crianças)

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Vive com o físico português Alexandre Quintanilha desde 1978, residindo ambos no Porto desde 1990.[3] Casaram oficialmente em 2010[3] , após a aprovação da lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo em Portugal, tendo sido um dos primeiros casais formados por figuras públicas a beneficiar da nova lei do casamento civil.[4]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Michael Eaude (12 de Março de 2004). Richard Zimler: Midnight's Jewish children The Independent independent.co.uk. Visitado em 24 de Julho de 2015.: "Richard Zimler was born on Long Island on the first day of 1956."
  2. Richard Zimler Portaldaliteratura.com.
  3. a b 29primeirodireito -à procura de Richard Zimler 29primeirodireito.blogspot.com.
  4. São José Almeida (31 de julho de 2010). Escritor Eduardo Pitta casou com companheiro Jornal Público Publico.pt. Visitado em 8 de junho de 2015.
  5. Prémio "Arco-íris 2012" Associação ILGA Portugal.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Personalidades, integrado no Projecto Grande Porto é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.