Rivadávia Corrêa Meyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rivadávia Correa Mayer)
Rivadávia Corrêa Meyer
Nascimento 1902
Uruguaiana
Morte 30 de dezembro de 1966 (64 anos)
Cidadania Brasil

Rivadávia Corrêa Meyer (Uruguaiana (RS) ca. 1902Rio de Janeiro, 30 de dezembro de 1966) foi um dirigente esportivo brasileiro, presidente da Confederação Brasileira de Desportos entre os anos de 1943 e 1955 e na década de 1930 também do Botafogo FR e da Associação Metropolitana de Esportes Athleticos.

Há uma passagem especial na história do Estádio do Maracanã, com participação do cartola:

Conta-se que o Botafogo jogava uma partida no Maracanã. O locutor oficial do estádio não tinha ido trabalhar no dia e um "quebra-galho" foi chamado. O trabalho dele seria simples, só passar as escalações e, vez por outra, o resultado de alguma outra partida. Isso, até quando chegou a notícia da morte de um cartola do alvinegro, Rivadávia Corrêa Meyer. Ele, então, tomou o microfone e soltou: "Atenção senhores público (sic)! Suderj informa... O senhor Rivadávia Corrêa Meyer acaba de falecer". Um burburinho tomou conta das arquibancadas e, nas tribunas de honra, um homem se mexeu na cadeira e, até, deixou o charuto cair. Era o próprio cartola que não só estava vivo como assistia ao jogo. Ele levantou-se e correu para o sistema de som. Entrou, quase arrombando a porta, e, ao ver um pálido locutor, o fez voltar ao microfone, quase com ameaças de morte. Ao interino e descuidado falador, claro. E então o funcionário retificou sua informação: "Atenção senhores público (sic)! A Suderj informa... O senhor Rivadávia Corrêa Meyer não morreu mais!"

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.