Robert Barro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Robert Barro
Nascimento 28 de setembro de 1944
Nova Iorque
Cidadania Estados Unidos
Filho(s) Josh Barro
Alma mater Instituto de Tecnologia da Califórnia, Universidade Harvard
Ocupação economista
Prêmios Bolsa Guggenheim
Empregador Universidade Harvard
Página oficial
http://rbarro.com

Robert Barro (28 de setembro de 1944) é um influente economista estadunidense, especializado em macroeconomia.

Biografía[editar | editar código-fonte]

Robert Barro licenciou-se em Física em 1965 pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia, obtendo seu doutorado em economia pela Universidade Harvard em 1975, onde trabalha desde 1986. Também é co-editor do Quarterly Journal of Economics desde 2004, foi editor do Journal of Political Economy e escreve uma coluna em Business Week desde 1998. Já escreveu mais de uma dezena de livros sobre economia. Caracteriza-se por sua crítica à teoria keynesiana e por seu posicionamento político conservador. O fio condutor de suas idéias é o de que a política econômica, principalmente a política fiscal, é incapaz de conduzir a economia a níveis maiores de produção e renda devido à antecipação dos agentes econômicos face à política econômica, que supostamente a neutralizaria. Tal teoria, a das "expectativas racionais", conduz à resignação e ao pessimismo no campo da política econômica, sendo assim avesso principalmente às perspectivas teóricas que vêm na ação da administração pública um elemento de transformação das estruturas sociais e econômicas.

Livros[editar | editar código-fonte]

  • Macroeconomics (1984)
  • Economic growth , escrito junto a Xavier Sala-i-Martín (1998)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.