Royal Aircraft Factory B.E.12

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido (desde abril de 2014). Ajude e colabore com a tradução.
B.E.12
Picto infobox Mig 29.png
Um dos primeiros modelos do B.E.12 produzido.
Descrição
Tipo / Missão Caça multipropósito
País de origem  Reino Unido
Fabricante Royal Aircraft Factory, vários
Quantidade produzida 601 unidade(s)
Primeiro voo em 28 de julho de 1915 (100 anos)
Introduzido em 1 de agosto de 1916
Variantes B.E.12a
B.E.12b
Tripulação 1
Especificações
Dimensões
Comprimento 8,31 m (27,3 ft)
Envergadura 11,28 m (37,0 ft)
Altura 3,39 m (11,1 ft)
Área das asas 34,47  (371 ft²)
Alongamento 3.7
Peso(s)
Peso vazio 743 kg (1 640 lb)
Peso máx. de decolagem 1 069 kg (2 360 lb)
Propulsão
Motor(es) 1 x motor a pistão V12 refrigerado a ar RAF 4a
Potência (por motor) 150 hp (112 kW)
Performance
Velocidade máxima 164 km/h (88,5 kn)
Autonomia 3 h(s)
Teto máximo 3 810 m (12 500 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 1 x metralhadora Vickers de 7,7 mm (0,303 in) de tiro frontal em algumas aeronaves havia uma metralhadora Lewis de tiro traseiro
Bombas Até 150 kg (331 lb)
Notas
Dados de: War Planes of the First World War:Volume Two Fighters[nota 1] e The Aeroplanes of the Royal Flying Corps (Military Wing)[nota 2]

O Royal Aircraft Factory B.E.12 foi um avião biplano monoposto britânico da Primeira Guerra Mundial projetado no Royal Aircraft Establishment. Ele era basicamente, uma versão monoposto do B.E.2.

Projetado com a intenção de ser um avião de reconhecimento e bombardeiro de longo alcance, o B.E.12 acabou sendo colocado em serviço como um avião de caça, função na qual ele se mostrou desastrosamente inadequado, devido principalmente à sua capacidade de manobra extremamente fraca.[1]

Um dos seus poucos sucessos de batalha, foi a derrubada do Zeppelin L.48 em 17 de Junho de 1917.[2]

Variantes[editar | editar código-fonte]

  • B.E.12 - versão inicial de produção impulsionado por um motor RAF 4a
  • B.E.12a – versão com as asas e a cauda do B.E.2e
  • B.E.12b - versão equipada com um novo motor Hispano-Suiza de 200 hp

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Bruce 1968, V. 2 p.26.
  2. Bruce 1982, p. 397.

Referências

  1. Bruce 1968, V. 2 p.20.
  2. Bruce 1982, p. 395.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bruce, J.M. (1968). War Planes of the First World War:Volume Two Fighters (London: Macdonald). ISBN 0-356-01473-8. 
  • Bruce, J.M. (1982). The Aeroplanes of the Royal Flying Corps (Military Wing) (London: Putnam). ISBN 0-370-30084-X. 
  • The Illustrated Encyclopedia of Aircraft (Part Work 1982-1985) Orbis Publishing [S.l.] 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Royal Aircraft Factory B.E.12
Ícone de esboço Este artigo sobre um avião, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Primeira Guerra Mundial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.