São Mateus (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde maio de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

São Mateus é um bairro localizado no município de São Paulo[1][2] Sua área é de 13,2 km2 e em 2010 tinha uma população 155.140 habitantes.[3]

A maior parte população possui renda média. Existe, ainda, uma grande concentração de comércio, concentrada na principal via do bairro, a avenida Mateo Bei. Por São Mateus também passa a maior avenida do mundo, em extensão, a Sapopemba, além de estar localizado ao lado da região do ABC Santo André, e distritos como o Aricanduva e Tatuapé.[carece de fontes?]

O centro de São Mateus é uma das partes mais procuradas pelo comércio, devido ao retorno alto para comerciantes.[carece de fontes?]

História[editar | editar código-fonte]

O bairro teve origem em 1948, quando Mateo Bei, resolveu lotear o terreno comprado pela sua família (família Bei) dois anos antes. Em 1949 surgiu o primeiro estabelecimento comercial, o Empório do Eustáquio. Três anos depois a empresa de ônibus Cometa ligou o bairro com a Avenida Sapopemba.[1]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Conheça a história da Subprefeitura São Mateus». Histórico. Prefeitura de São Paulo. 28 de outubro de 2009. Consultado em 26 de maio de 2018 
  2. Figueiredo, Patrícia (10 de dezembro de 2017). «Bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo, já tentou se emancipar». UOL. Folha de São Paulo. Consultado em 26 de maio de 2016 
  3. «Dados demográficos dos distritos pertencentes às Prefeituras Regionais». Infocidade. Prefeitura de São Paulo. Consultado em 26 de maio de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.