Síndrome do desejo hipoativo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Síndrome do desejo sexual hipoativo. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde agosto de 2012)

A síndrome do desejo hipoativo ou transtorno do desejo hipoativo, é a condição em que a libido simplesmente desaparece. Ocorre principalmente entre as mulheres.

Na maioria dos casos as causas são emocionais como valorização de aspectos negativos em relação à sexualidade e inúmeros fatores com origens inconscientes.

Também pode ocorrer devido ao desequilíbrio hormonal ou outros fatores orgânicos.

Pode também ser chamada de assexualidade e/ou frigidez.

Causas[editar | editar código-fonte]

Desequilíbrio hormonal como hipotireoidismo e uso de medicamentos antidepressivos. O aumento da prolactina durante a gravidez a mulher pode ser acometida pelo transtorno.

  • Físicas

Doenças: Diabetes, doenças cerebrais, da medula e de nervos relacionados com os órgãos genitais, prostatite, infecções ginecológicas, etc.

Distúrbios físicos: estafa (stress), distúrbios glandulares, etc.

Alterações de órgãos genitais: doenças congênitas.

Fumo e excesso de ingestão alcoólica.

Uso de drogas (narcóticos, cocaína, etc.).

Doenças relacionadas à terceira idade e velhice.

Uso de alguns medicamentos.

  • Psicológicas

Desavenças conjugais, medo de falhar, ansiedade, impotência e disfunção orgástica feminina.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Sabe-se que hoje 35% dos brasileiros são acometidos desse mal que chamamos de desejo hipoativo, na maioria mulheres.

Quando apresenta causas orgânicas, o tratamento é realizado com reposição hormonal. Nos casos psicológicos exige psicoterapia focada na sexualidade.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Vamos falar de sexo - Filme de 2005

Ligações externas[editar | editar código-fonte]