STOVL

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)


Tipos de
decolagem e
aterragem

CATOBAR
CTOL
STOL
STOVL
VTOL
VTOHL
V/STOL
STOBAR
JATO
ZLTO

STOVL é um acrónimo do inglês Short Take Off and Vertical Landing (decolagem curta e aterragem vertical).

Esta é uma característica de alguns aviões que conseguem decolar a partir de uma pista reduzida, e aterrar verticalmente (i.e., sem pista de aterragem). Este método é muito usado em porta-aviões usando pistas inclinadas, em vez das tradicionais catapultas. O STOVL permite ao avião transportar mais carga, comparado com o VTOL. O mais famoso exemplo é o Hawker Harrier, que, embora tecnicamente seja um avião VTOL, pode ser operado como um STOVL em condições de peso excessivo, como a carga inicial de armamento e combustível. O mesmo verifica-se para o F-35, que demonstrou capacidades VTOL nos testes, sendo tecnicamente considerado um STOVL.

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.