Saint-Laurent-du-Maroni

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
São Lourenço do Maroni

Saint-Laurent-du-Maroni

Eglise de Saint-Laurent du Maroni.JPG
Camp de la Transportation-13.jpg Sous-préfecture Saint-Laurent du Maroni.jpg
Chutes Voltaire.jpg
De cima para baixo: A Igreja São Lourenço, a Velha Prisão, a Sede da Subprefeitura e finalmente as Cataratas de Voltaire
Símbolos
Brasão de armas de São Lourenço do Maroni
Brasão de armas
Gentílico sãolourense
Localização
São Lourenço do Maroni está localizado em: Guiana Francesa
São Lourenço do Maroni
Mapa de Saint-Laurent-du-Maroni
Coordenadas 5° 29' 58" N 54° 01' 52" O
País França
Região Guiana Francesa
Arrondissement São Lourenço do Maroni
Administração
Prefeita Léon Bertrand
Características geográficas
Área total 4 830 km²
População total 19 211 hab.

Saint-Laurent-du-Maroni (em português São Lourenço do Maroni) é uma comuna francesa do departemento ultramarino francês da Guiana Francesa. Situa-se próximo à foz do rio Maroni, junto à fronteira com o Suriname, a nordeste do continente sul-americano. A localidade abriga uma base militar.

A vila foi um local de deportação para os condenados a trabalhos forçados durante a Revolução Francesa, e depois entre 1852 e 1945. Lá estiveram presos homens ilustres, como Alfred Dreyfus, o famoso oficial francês que foi acusado de traição e absolvido após a brilhante defesa promovida pelo escritor Émile Zola; e o notório Henri Charrière, o Papillon, que foi condenado injustamente e conseguiu fugir da ilha do Diabo após muitas tentativas de fuga e muitos anos de prisão cumpridos em solitária. Sobre o último existe inclusive uma superprodução cinematográfica, Papillon com Steve McQueen e Dustin Hoffman nos papéis principais, baseada no livro escrito por Charrière depois que obteve asilo na Venezuela. O sistema penitenciário da Guiana Francesa foi uma verdadeira nódoa no Direito Penal francês. Em Saint Laurent, os pântanos, as cobras e os jacarés eram os muros que impediam as fugas. Nas ilhas, o que segurava os prisioneiros eram as correntes marítimas e os tubarões. Mas o Papillon, determinado a reconquistar a liberdade, fez uma jangada com sacos de estopa cheios de cocos e atirou-se de um penhasco da ilha do Diabo, conseguindo deixar aquele local deitado sobre a rústica embarcação que construíra.

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Saint-Laurent-du-Maroni
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia da França é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.