Samoa alemã

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Deutsch-Samoa
Samoa alemã
1900 – 1920 Flag of the Samoa Trust Territory.svg
Flag Brasão
Bandeira Brasão
Localização de Samoa
Marrom = Nova Guiné Alemã; Amarelo= Protetorados Alemães do Pacífico; Vermelho = Samoa Alemã; Laranja = Norte das Ilhas Salomão
Continente Oceania
Região Polinésia
Capital Apia
Língua oficial alemã (oficial)
samoano
austronésia
Papuan
Governo Colónia
Presidente Cáiser Guilherme II
Período histórico colonização alemã
 • 1 de Março de 1900 Colonização
 • 10 de Janeiro de 1920 Tratado de Versalhes
Moeda Goldmark

Samoa Alemã (em alemão: Deutsch-Samoa), foi um protetorado alemão de 1900 a 1914, consistindo das ilhas de Upolu, Savai'i, Apolima e Manono, hoje totalmente independente dentro do Estado de Samoa, Samoa Ocidental anteriormente. Samoa foi a última aquisição colonial alemã no Pacífico, recebeu na sequência da Convenção Tripartite, assinada em Washington em 2 de dezembro de 1899 com ratificações trocadas em 16 de fevereiro de 1900.[1][2] Foi a única colônia alemã no Pacífico, com exceção do Kiautschou concessão na China, que foi administrada separadamente de Nova Guiné Alemã.

Referências

  1. Ryden, The Foreign Policy of the United States in Relation to Samoa, p. 574
  2. Flag raising at Mulinu'u Point was 1 March 1900