Sandra Kogut

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde janeiro de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Sandra Kogut (Rio de Janeiro), é uma cineasta brasileira.[1] Estudou filosofia e comunicações na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

Especializada em video-arte e documentários, seu trabalho é caracterizado por experimentos de edição não-linear, abordando temas que visam criar alguma intervenção no espectador, em relação a questões sociais.

É irmã da jornalista Patrícia Kogut.

Longas-Metragem[editar | editar código-fonte]

Campo Grande (2016)
Data de lançamento: 2 de junho de 2016 (Brasil)
Direção: Sandra Kogut
Edição: Sérgio Mekler
Elenco: Carla Ribas, Julia Bernat, Rayane do Amaral, Márcio Vito, Mary de Paula, Ygor Manoel
Produção: Sandra Kogut, Flávio Ramos Tambellini, Laurent Lavolé
Roteiro: Sandra Kogut, Felipe Sholl

Sinopse: Duas pequenas crianças, Rayane e Ygor, são deixadas na porta da casa de Regina, moradora de um bairro de alto padrão. Ela pensa em levá-los ao orfanato, mas é convencida pela filha adolescente de deixá-los passar a noite. Assustados com a imensidão da casa, os dois ficam juntos e Regina percebe que eles só possuem um ao outro. Decidida a ajudá-los a encontrar sua família, Regina tem contato com um mundo que não conhecia.

Mutum (2007)
http://www.mutumofilme.com.br/
Data de lançamento: 15 de novembro de 2007 (Brasil)
Direção: Sandra Kogut

Mutum quer dizer mudo. Mutum é uma ave negra que só canta à noite. E Mutum é também o nome de um lugar isolado no sertão de Minas Gerais, onde vivem Thiago e sua família. Thiago tem dez anos e é um menino diferente dos outros. É através do seu olhar que enxergamos o mundo nebuloso dos adultos, com suas traições, violências e silêncios. Ao lado de Felipe, seu irmão e único amigo, Thiago será confrontado com este mundo, descobrindo-o ao mesmo tempo em que terá de aprender a deixá-lo.

Participação nos Festivais: Cannes Film Festival 2007 – Closing Film at the Quinzaine des Réalisateurs, Toronto International Film Festival, London International Film Festival, Pusan International Film Festival, Rio International Film Festival, São Paulo International Film Festival, Goteborg International Film Festival, Berlin International Film Festival, San Francisco International Film Festival, Rotterdam International Film Festival, Taipei International Film Festival, Sidney International Film Festival, Lincoln Center, New York ; MoMA New York e outros

Um Passaporte Húngaro (2001)
Data de lançamento: 2001 (mundial)
Direção: Sandra Kogut
Roteiro: Sandra Kogut

A cineasta Sandra Kogut registra sua tentativa de obter a cidadania húngara e acaba questionando o que é uma nacionalidade, para que serve um passaporte, e o que herdamos

Filmes[editar | editar código-fonte]

Adieu Monde (or Pierre and Claire's Story) (1997)

Vídeo sobre a fábula de um jovem pastor que havia desaparecido e da garota que o seguiu na floresta, contado por aldeões franceses nos Pirineus. Cada versão contada revela a fascinação universal do romance e do inatingível. Este vídeo brinca com o gosto que alguns turistas têm em procurar lendas em locais míticos, criticando a autenticidade dos fatos conforme vão sendo contados.

Lá e Cá (1995)

Vídeo de 6 minutos rodado na periferia do Rio com questionamentos sobre o sentimento de estar aqui e longe daqui. A história é sobre uma garota do subúrbio, interpretada pela Regina Casé, que está na dúvida em continuar a morar onde está ou ir se juntar à irmã que foi embora.

    • Prêmio: Seleção Oficial do Festival de Clermont-Ferrand na França, em 1996.
En français (1993)

Vídeo de 17 minutos com cenas cotidianas gravadas quase em tempo real, editadas para formar uma história de amor. Sandra Kogut gravou, durante um ano, várias cenas do cotidiano, juntando os diálogos das pessoas para compor uma história.

Parabolic People (1991)

Vídeo em que pessoas de vários países ficavam a sós dentro de uma cabine com uma câmera durante 30 segundos. A autora instalou uma câmera numa cabine e convidou pessoas de vários países. As cenas vão se acumulando na tela conforme vão se encerrando, entrando em loop assim que terminam. Além dos vídeos simultâneos, também são exibidos alguns quadros com texto em movimento. A autora aproveita a miscelânea para fazer questionamentos acerca da veracidade do que se vê na televisão; e se o que está sendo transmitido faz parte do universo dos telespectadores. Em outros quadros se discute o bairrismo, o racismo e a globalização.

Este formato foi utilizado mais tarde para dois programas da Rede Globo.

What do You Think People Think Brazil Is? (1990)

Vídeo de cinco minutos com imagens comuns ao cotidiano brasileiro e discursos delirantes de turistas estrangeiros sobre esse país exótico do Hemisfério Sul. Este vídeo possui a função de antirretrato do Brasil, fazendo uma crítica da imagem divulgada do nosso país.

Videocabines são Caixas Pretas (1990)

Vídeo de cinco minutos com uma coleção de depoimentos, mensagens ou performances de pessoas comuns, em cabines fechadas, instaladas em locais públicos do Rio de Janeiro, com liberdade para fazer qualquer coisa.

MAM/Rio Hoje (1989)

Documentário de nove minutos com depoimentos sobre o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e sua história durante a reinauguração, após a reforma do incêndio que o teria destruído em 1978.

Andréia Androide (1988)

Vídeo para a canção escrita pelo poeta Chacal e musicada pelo ex-guitarrista da banda Blitz, Ricardo Barreto. No vídeo, o vocalista (que interpreta um mecânico) narra a história de uma androide com roupa sadomasoquista perdida nas ruas do Rio de Janeiro. Cada quadro do vídeo é ele contando os lugares em que ela passou e as "bocas" que frequenta para se divertir.

Esse vídeo é muito parecido com o clip Juliette (1988) produzido para uma música de Fausto Fawcett e Laufer, com imagens sobrepostas, tentando referenciar o mundo pop.

Prêmios (organizados por obra)[editar | editar código-fonte]

  • Campo Grande (2015, HD)
    • Melhor Diretora Latino Americana, Festival de Cinema de Málaga - 2016
    • Nomeado a Melhor Filme, Paris Brazilian Film Festival - 2016
    • Prêmio Coral de Melhor Diretora, Festival Internacional de Cinema de Havana - 2015
    • Prêmio SIGNIS de Melhor Filme, Festival Internacional de Cinema de Havana - 2015
    • Prêmios RECAM e SICA de Melhor Filme - Festival de Cinema Mar del Plata - 2015
    • Nomeado a Melhor Filme Latino Americano - Festival de Cinema Mar del Plata - 2015
    • Prêmio Especial na Mostra de Cinema de Gostoso, Rio Grande do Norte - 2015
    • Melhor Edição (Sergio Mekler) para o filme Campo Grande, Festival Internacional de Cinema do Rio - 2015
    • Nomeado a Melhor Filme, Festival de Cinema de Roma
  • Mutum (2007, 35mm)
    • Menção Honrosa Deutsches Kinderhilfswerk, Festival Internacional de Berlin - 2008
    • Nomeada ao Golden Camera de Melhor Diretora, Festival de Cinema de Cannes - 2007
    • Prêmio Coral de Melhor Diretora (Primeiro Trabalho), Festival Internacional de Cinema de Havana - 2008
    • Melhor Filme, Festival do Rio - 2007
    • Nomeado aos Jetix Movie Award e Michel Award, Festival de Cinema de Hamburgo - 2008
    • Melhor Filme, Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Diretora, Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Roteiro (Sandra Kogut, Ana Luiza Martins Costa), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Atriz (Izadora Fernades), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Ator (Thiago da Silva Mariz), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Fotografia (Mauro Pinheiro Jr.), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Direção de Arte (Marcos Pedroso), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Melhor Trilha Sonora (Márcio Câmara), Festival de Cinema de Cuiabá - 2008
    • Dioraphte Award, Festival Internacional de Cinema de Rotterdam - 2008
    • Melhor Diretora (Crystal Lens) - Miami Brazilian Film Festival - 2008
    • Prêmio Especial do Juri pela atuação (Thiago da Silva Mariz) - 2008
    • Prêmio do Juri de Melhor Fotografia (Mauro Pinheiro), Prêmio Contigo Cinema, Brazil - 2008
    • Nomeado ao Prêmio de Melhor Filme, Prêmio Contigo Cinema, Brazil - 2008
    • Silver Daisy Award - 2008
    • Nomeado a Melhor Roteiro Adaptado (Sandra Kogut, Ana Luiza Martins Costa) - Grande Prêmio do Cinema Brasileiro - 2008
    • Nomeado a Melhor Ator (João Miguel) - Grande Prêmio do Cinema Brasileiro - 2008
    • Nomeado a Melhores Efeitos Especiais (Mauricio Couto Bevilaqua) - Grande Prêmio do Cinema Brasileiro - 2008 
    • Nomeado a Melhor Filme - ACIE Awards, Brazil - 2008
    • Nomeado a Melhor Diretora - ACIE Awards, Brazil - 2008
    • Nomeado a Melhor Ator (Thiago da Silva Mariz) - ACIE Awards, Brazil - 2008
    • Prêmio Feisal - Festival de Cinema de Bogotá - 2007
    • Melhor Filme (Silver Precolumbian Circle) - Festival de Cinema de Bogotá - 2007
    • Nomeado a Melhor Filme (Escolha da Crítica) - Festival de Cinema de Bogotá - 2007
    • Prêmio do Juri Ecumênico, Menção Especial - Molodist International Film Festival - 2007
    • Melhor Filme , Paris Brazilian Film Festival - 2008
    • Selecionado para o Sundance Screenwriter’s Lab 2002. 
  • Um Passaporte Húngaro (2001)
    • Grande Prêmio do Split Festival, Croácia
    • Melhor Documentário - 33rd Week of Hungarian Cinema (Budapeste, Hungria)
    • Prêmio do Juri no Festival É Tudo Verdade (São Paulo, Brazil) 
  • Adiu Monde ou L'Histoire de Pierre et Claire (1997)
    • Grande Prêmio do Juri - French Film Festival in New York
    • Segundo Prêmio - Hamburg Short Film Festival
    • Prêmio do Westphalian Ministro do desenvolvimento Urbano, Oberhausen Film Festival, Germany
    • Prêmio do Juri Católlco, Oberhausen Film Festival, Germany
    • Grande Prêmio de Documentário - CIRCOM 98 - Europa
    • Golden Dove no Leipzig Film Festival (Alemanha)
    • Prêmio do Juri - Festival de Vídeo de Lisboa
    • Segundo Prêmio no 11th Rencontres Vidéo Arts Plastiques d'Hérouville St-Clair (France)
    • Prêmio do Juri - ESTAVAR Festival 98 (França)
    • Menção Honrosa, Grand Prize at the Vue Sur les Docs (Marselha)
    • Menção Honrosa, International Festival of New Film in Split (Croácia) 
  • Lá e Cá (1995)
    • Prize at the Oberhausen Film Festival (Germany)
    • Best Short Film at the Kiev Film Festival (Ukraine)
    • Best Short Film at the Film Festival de Montecatini (Italy) 
  • En Français (1993)
    • Grand Prize at the Oberhausen Film Festival (Germany) 
  • Parabolic People (1991)
    • Grand Prize at the Deutscher Videokunstpreis, ZKM (Germany)
    • Prize at the Fotoptica International Video Festival (Brazil)
    • Prize at the Locarno New Images Festival (Switzerland)
    • Grand Prize - Festival Internacional de Cádiz (Spain) 
  • Videocabines São Caixas Pretas (1990)
    • “Colunistas do Ano” Prize (Brazil)
    • Director’s Choice Award at the 15th Annual Atlanta Video Festival (USA)
    • Sol de Prata [Silver Sun] at the Rio Cine Festival (Brazil) 
  • Manuel (1989)
    • Bronze Medal at the 32nd International Film and TV Festival of New York (USA) 
  • Juliette (1988)
    • Gold Medal at the 31st International Film and TV Festival of New York (USA)
    • Clio Award (USA)
    • Best Editing and Best Script Prizes at the VI Videobrasil Festival (Brazil)
    • Best Independent Video Prize, Geraes (Brazil) 
  • Melhor Roteiro - Videobrasil 1988
  • Melhor Edição (U-Matic) - Videobrasil 1988

Outros trabalhos[editar | editar código-fonte]

  • Lecy e Humberto nos Campos Neutrais - Chuí - Chuy (1999)
  • Angola (1991)
  • Paralamas do Sucesso (1988)
  • Juliette (Fausto Fawcett e Laufer) (1988)
  • Projeto Teleeyes (instalações artísticas na Internet)
  • Brasil Legal (Rede Globo)

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.