Santa Maria del Priorato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Igreja de Santa Maria do Priorado
Santa Maria del Priorato
Fachada
Estilo dominante Neoclássico
Arquiteto Giovanni Battista Piranesi(reforma
Fim da construção 939 / 1550 / 1766
Religião Igreja Católica
Diocese Diocese de Roma
Ano de consagração 939
Website General Cúria da Ordem dos Pregadores
Dimensões
Área 403 m2 (31 x 13)
Geografia
País Itália
Região Roma
Local Monte Aventino (rione Ripa)
Coordenadas 41° 52' 59.8" N 12° 28' 38.6" E

Santa Maria del Priorato ou Igreja de Santa Maria do Priorado, conhecida também como Santa Maria in Aventino ou Igreja de Santa Maria no Aventino, é a igreja monasterial do Priorado da Ordem Soberana dos Cavaleiros de Malta localizada no Monte Aventino (rione Ripa) em Roma, Itália, e dedicada à Virgem Maria. É a igreja nacional de Malta na cidade.

História[editar | editar código-fonte]

A igreja original no local foi construída em 939 quando Odo de Cluny recebeu o palácio romano de Alberico II de Spoleto, que foi convertido num mosteiro beneditino cluníaco. Quando o mosteiro foi dissolvido, no século XIV, o local foi adquidiro pelos Cavaleiros de Malta, que reconstruíram a igreja na década de 1550.

Em 1760, o cardeal-sobrinho e grão-mestre dos Cavaleiros de Malta, Giambattista Rezzonico, tentou fazer alguma coisa para melhorar a aparência dos edifícios do complexo. Com um orçamento limitado, a igreja foi substancialmente restaurada entre 1764 e 1766 com base num projeto de Giovanni Battista Piranesi, que também construiu a praça em frente da igreja, chamada Piazza dei Cavaliere di Malta. A mureta que circunda a praça é articulada entre painéis intercalados por pares obeliscos com stelae posicionados entre entre eles.

A fachada da igreja conta com pares de pilastras caneladas nas bordas, dando a impressão de uma fachada de um templo. A linearidade vertical destas pilastras tem o papel de floreio para realçar os relevos decorativos da fachada, juntamente com os relevos na porta principal e os painéis e stelae da praça, incluem emblemas e outras referências militares e navais aos Cavaleiros de Malta e aos símbolos da família Rezzonico. A forma como eles se apresentam revelam a fascinação de Piranesi pelo passado antigo de Roma, pois aludem a motivos da Roma Antiga e da Etrúria[1].

A decoração de Piranesi para o interior da igreja culmina no grupo escultural do altar-mor e o próprio Piranesi está enterrado na igreja. Entre outros sepultamentos, destaca-se o túmulo de Bartolomeo Carafa (m. 1405), de Paolo Romano.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Wilton-Ely, John (1978), The Mind and Art of Giovanni Battista Piranesi, ISBN 978-0-500-27477-4, London: Thames and Hudson, p. 95 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Santa Maria del Priorato