Santorio Santorio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santorio Santorio
Nascimento 29 de março de 1561
Koper
Morte 22 de fevereiro de 1636 (74 anos)
Veneza
Ocupação médico, fisiologista

Santorio Santorio, também conhecido como Santorio Santorii, Sanctorius de Pádua e outras combinações destes nomes (Koper, 29 de março de 1561Veneza, 22 de Fevereiro de 1636) foi um professor, médico e fisiologista italiano. Foi professor em Pádua entre 1611 e 1624, onde realizou diversas experiências sobre temperatura, respiração e peso. Santorio estudou o que ele designou como " perspiração insensível", pioneiro no estudo do metabolismo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Santorio Santorio na sua "cadeira-balança".

Durante trinta anos, Santorio tomou o seu peso e o de todos os alimentos e bebidas que ingeriu, assim como o peso da sua urina e fezes. Ele comparou o peso do que ingeriu com o das suas excreções, verificando que este último era menor. Formulou a sua teoria da "perspiração insensível" de modo a explicar essa diferença. Embora as suas descobertas tivessem pouco interesse científico, é ainda assim reconhecido pela sua metodologia empírica e famoso pela "cadeira-balança" que construiu para a sua experiência.

Santorio inventou alguns aparelhos usados em Medicina, como um termómetro clínico e o pulsilogium, a primeira máquina alguma vez usada na história da Medicina, com que seria possível medir o pulso de um paciente. Um século mais tarde, o médico de la Croix usou o pulsilogium para testar a função cardíaca. Santorio também inventou um colchão de água primitivo. Escreveu em 1614 o tratado De statica medicina, que foi publicado cinco vezes até 1737.

Referências[editar | editar código-fonte]