Self-Made Maids

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Self-Made Maids
Artistas do riso (BRA)
 Estados Unidos
1950 •  pb •  15 min 
Direção Jules White
Roteiro Felix Adler
Elenco Moe Howard
Larry Fine
Shemp Howard
Género comédia
Idioma inglês

Self-Made Maids (br.:Artistas do riso) é um filme curta metragem estadunidense de 1950, dirigido por Jules White. É o 124º filme de um total de 190 da série com os Três Patetas produzida pela Columbia Pictures entre 1934 e 1959. Todos os personagens do filme foram interpretados pelos Três Patetas.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Os Três Patetas são artistas que se apaixonam pelas modelos, as irmãs Larraine, Moella e Shempetta. Eles vão ao apartamento das irmãs pedirem a mão em casamento para o pai delas mas no caminho se encontram com ele (interpretado por Moe) e, sem saberem quem é, discutem e lhe batem por causa de um "encontrão", deixando o homem desacordado. O trio fica à espera dele junto das moças e, quando o homem chega, os reconhece como os três agressores e imediatamente começa a persegui-los com um revólver em punho. Depois de muita correria, os Patetas conseguem amarrar o homem e o convencem a aceitar o casamento, torturando-o coçando-lhe os pés. Na cena final, são mostrados os três bebês dos três casais, brigando por causa da mamadeira.

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Self-Made Maids é um dos dois filmes da série em que não há coadjuvantes para os Patetas. O outro é Oil's Well That Ends Well de 1958. Um figurante foi usado para interpretar Moe nas cenas em que ele aparece como o pai das moças.[1]
  • Os Três Patetas interpretam eles mesmos, suas três namoradas, três bebês e o pai das moças.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Solomon, Jon. (2002) The Complete Three Stooges: The Official Filmography and Three Stooges Companion; Comedy III Productions, Inc., ISBN 0-9711868-0-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]