The Three Stooges (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
The Three Stooges
Pôster promocional
No Brasil Os Três Patetas[1]
Em Portugal Os Três Estarolas[2]
 Estados Unidos
2012 •  cor •  92 min 
Direção Peter Farrelly
Bobby Farrelly
Produção Bobby Farrelly
Peter Farrelly
Bradley Thomas
Charles B. Wessler
Roteiro Mike Cerrone
Peter Farrelly
Bobby Farrelly
Baseado em The Three Stooges
Elenco Sean Hayes
Will Sasso
Chris Diamantopoulos
Kirby Heyborne
Sofia Vergara
Craig Bierko
Larry David
Jane Lynch
Kate Upton
Género comédia
Música John Debney
Companhia(s) produtora(s) C3 Entertainment
Charles B. Wessler Entertainment
Dune Entertainment
Conundrum Entertainment
Distribuição 20th Century Fox
Lançamento Estados Unidos 13 de abril de 2012
Idioma inglês
Orçamento US$ 30 milhões
Receita US$ 54.819.301[3]
Site oficial

The Three Stooges, também conhecido em inglês como The Three Stooges: The Movie (Brasil: Os Três Estarolas /Portugal: Os Três Patetas) é um filme estadunidense de 2012 do gênero comédia, com base na série de filmes de curta-metragem do trio de comédia de mesmo nome. O filme foi produzido e dirigido pelos Irmãos Farelly (Peter Farrelly e Bobby Farrelly), com roteiro dos Irmãos Farrelly, com colaboração de Mike Cerrone.

Estrelado por Sean Hayes, Will Sasso e Chris Diamantopoulos, o filme recria os personagens homônimos interpretados por Moe Howard, Larry Fine e Curly Howard. A história do filme coloca os Stooges em um ambiente moderno, com uma narrativa fictícia da vida do trio, desde quando foram abandonados bebês em um orfanato, até quando já estão adultos e tentam evitar que a instituição seja fechada.

Para promoverem o filme, Diamantopoulos, Hayes e Sasso apareceram como os Stooges no WWE Raw de 9 de abril de 2012. Eles se encontraram com Santino Marella e foram ao ringue, com Sasso, vestido de Hulk Hogan, sendo derrubado por Kane.[4]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é estruturado em três atos (referidos como episódios, formato usado na série de TV da Columbia Pictures que assim exibiu os antigos curta-metragens para o cinema realizados pelos cômicos).

Episódio 1: More Orphan Than Not[editar | editar código-fonte]

Em 1977, três bebês são abandonados na porta do Orfanato Irmãs de Misericórdia e são encontrados pela mal-humorada Irmã Mary-Mengele. Os órfãos cantam para ela "Everybody is Special", mas são interrompidos pela religiosa que os coloca para dentro do prédio. No começo as freiras querem todas cuidar dos bebês recém-chegados, mas logo ficam esgotadas com as constantes travessuras e destruição deles. 10 anos depois, as freiras tentam fazer que um casal, os Harters, adotem um dos três e Moe acaba sendo escolhido. Mas ele desiste para ficar com os dois amigos e no seu lugar o pequeno Teddy é adotado. Mais 25 anos se passam e os três atrapalhados continuam no orfanato, fazendo serviços caseiros para as freiras. Após receberem a visita do Monsenhor Ratliffe, as freiras ficam sabendo que precisarão arrumar 830 mil dólares em 30 dias, senão o orfanato irá fechar. O trio se oferece para conseguir o dinheiro e deixam o lugar, cantando "This Little Light of Mine".

Episódio 2: The Bananas Split[editar | editar código-fonte]

Enquanto os Três Patetas tentam sem sucesso ganhar o dinheiro que precisam, um casal de vigaristas, Lydia e Mac, planeja assassinar o futuro marido dela e herdar uma fortuna. Eles enganam o trio para cometerem o crime mas os Patetas tomam Mac como o marido. O casal não tem outra alternativa senão fazer com que os atrapalhados desistam de praticar o assassinato. Pouco depois, o trio se reencontra com Teddy sem saber que ele na verdade era o futuro marido que os trapaceiros queriam matar. O trio acaba brigando e Moe entra sozinho para um programa de TV, se tornando uma celebridade com o apelido de "Dyna-Moe".

Episódio 3: No Moe Mister Nice Guy[editar | editar código-fonte]

Larry e Curly vão atrás do pai de Teddy para pedirem o dinheiro e ao verem uma foto da família, descobrem o plano de Lydia e Mac. Eles procuram Moe e os três vão à festa de casamento de Teddy para tentar salvá-lo.

Na cena final, os três acabam montados em cavalos selvagens (recriação de cena famosa do trio original, vista em seus curta-metragens A Pain in the Pullman e A Ducking They Did Go).

Pós-Episódios[editar | editar código-fonte]

Dois jovens atores (Antonio Sabato, Jr. e Justin Lopez) interpretam os Irmãos Farrelly, explicando que as cenas violentas foram feitas por profissionais, e as ferramentas usadas para os golpes mútuos dos personagens eram falsas, acompanhadas de efeitos sonoros. Também mostram que os "dedos nos olhos" na verdade são nas testas e alertam as crianças para não repetirem esses gestos em casa.

Durante os letreiros finais, os Stooges e a Irmã Rosemary cantam "It's a Shame", gravação feita originalmente em 1970 pelo grupo de R&B chamado The Spinners, sendo também exibidas algumas cenas cortadas ou das filmagens.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

The Three Stooges
Trilha sonora de Various artistas
Lançamento 12 de Março de 2012
Gravação Capitol
Gênero(s) R&B, Pop, pop rock
  1. "It's A Shame" - The Spinners (com Sean Hayes, Will Sasso, Chris Diamantopoulos e Jennifer Hudson)
  2. "Roadrunner" – The Modern Lovers
  3. "A Candle's Fire – Beirut
  4. "Walkie Talkie Man" – Steriogram
  5. "Pulled Up" – David Byrne
  6. "Tongue Tied" – Grouplove
  7. "Can't Stop Thinking" – Buva
  8. "Dance Like A Monkey" – The New York Dolls
  9. "Get Crazy" – LMFAO
  10. "Feel Like Going Home" – Charlie Rich
  11. "Waste" – Foster The People
  12. "Si Señor Bob " – Papo Vazquez
  13. "Three Stooges" - Iggy Pop (com Sean Hayes, Will Sasso e Chris Diamantopoulos)
  14. "Just Like Tom Thumb's Blues" – Bob Dylan

Recepção[editar | editar código-fonte]

Comercial[editar | editar código-fonte]

Em seu fim de semana de estreia nos Estados Unidos, The Three Stooges arrecadou US$ 17,1 milhões ficando em segundo lugar, atrás de The Hunger Games.[5] O filme encerrou seu circuito nos cinemas arrecadando US$ 44.338.224 nas bilheterias americanas e US$ 10.481.077 em outros países, perfazendo um total mundial de US$ 54.819.301 contra um orçamento estimado de US$ 30 milhões, se tornando um modesto sucesso de bilheteria.[3]

Crítica[editar | editar código-fonte]

The Three Stooges recebeu críticas mistas dos críticos. No Rotten Tomatoes, o filme tem uma classificação de 51%, com base em 142 avaliações, com uma classificação média de 5,4/10. consenso crítico do site diz: "Embora longe de ser tão dolorosa como poderia ter sido, The Three Stooges falha para adicionar risos frescos para o legado cinematográfico inestimável dos Patetas."[6] No Metacritic tem uma pontuação de 56 em 100, com base em 26 críticos, indicando "críticas mistas ou médias".[7]

Crítica ao anticatolicismo[editar | editar código-fonte]

Bill Donohue, presidente da organização anti-difamação da Liga Católica, divulgou um comunicado condenando o filme por seu retrato desrespeitoso dos católicos, especificamente freiras.[8] Donohue localizou uma cena do filme, envolvendo duas freiras incomuns, retratadas pela modelo de maiô Kate Upton e o criador Larry David. Ambos são potenciais causas para a ofensa, por diferentes razões, como Moviefone relatou: "Em Patetas, David interpreta a irmã Mary-Mengele o nome é uma homenagem ao falecido nazista Josef Mengele, um oficial da SS que decidiu destino dos prisioneiros em Auschwitz. Para Upton, o seu nome não é tanto seu personagem -Irmã Bernice- como é seu vestuário. Durante uma cena, a modelo de maiô SI veste um biquíni muito revelador juntamente com um grande rosário em seu pescoço."[9]

Referências

  1. Os Três Patetas no AdoroCinema (Brasil)
  2. Os Três Estarolas no Fnac (Portugal)
  3. a b «The Three Stooges (2012) - Box Office Mojo». www.boxofficemojo.com. Consultado em 22 de janeiro de 2018 
  4. Sean O'Neal (10 de abril de 2012). «The Three Stooges promotional campaign reaches its nadir on WWE Raw». The A.V. Club 
  5. «The Three Stooges has a Solid Opening Weekend, but Critics are Divided». Consultado em 22 de janeiro de 2018 
  6. «The Three Stooges». Rotten Tomatoes. Consultado em 22 de outubro de 2016 
  7. «The Three Stooges». Metacritic. Consultado em 22 de outubro de 2016 
  8. «The Three Stooges Updated». catholicleague.org. 12 de abril de 212. Consultado em 22 de outubro de 2016  Verifique data em: |data= (ajuda)
  9. «'Three Stooges': Catholic League Criticizes Comedy Movie's Swimsuit-Wearing Nun». Moviefone. 12 de abril de 2012. Consultado em 22 de outubro de 2016. Arquivado do original em 14 de abril de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: The Three Stooges (film)
Portal A Wikipédia tem os portais:
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.