Sertão da Ressaca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Sertão da Ressaca é uma área no sudoeste da Bahia, entre o Rio Pardo e o Rio das Contas, onde se localiza a cidade de Vitória da Conquista.[1]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A região era habitada originalmente pelos índios Pataxós, Mongoiós e Aimorés. Em meados do século XVIII, o Rei de Portugal, D. João V, encarregou o bandeirante João da Silva Guimarães de desbravar a região. Guimarães, ao lado de João Gonçalves da Costa, aliou-se aos mongoiós para derrotar os aimorés. Após a vitória, Gonçalves da Costa massacrou seus aliados na emboscada que ficou conhecida como o "banquete da morte". Os pataxós, assustados com a chegada dos sertanistas, fugiram da região para se refugiar no que é hoje o sul da Bahia.[2]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. OLIVEIRA, Renata Ferreira de; PARAÍSO, Maria Hilda Baqueiro. Tecendo memórias: identidade e resistência indígena no Planalto da Conquista nos fins do século XX e princípios do XXI Arquivado em 29 de novembro de 2014, no Wayback Machine.. Educação, Gestão e Sociedade: revista da Faculdade Eça de Queiros, ISNN 2179-9636, Ano 1, numero 2, junho de 2011
  2. SILVA, Jorge Augusto Alves da; SOUSA, Valéria Viana. (O TRABALHO CITADO ABAIXO, NA BIBLIOGRAFIA, DE RENATA FERREIRA DE OLIVEIRA, DESMENTE EXATAMENTE ISTO QUE FOI REGISTRADO AQUI). Pelo “Sertão da Ressaca”: contribuições para a compreensão da sócio-história do Português Popular do Brasil. Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens Universidade do Estado da Bahia – UNEB. Departamento de Ciências Humanas – DCH I. NÚMERO 06 – Junho de 2013. ISSN: 2176-5782
Ícone de esboço Este artigo sobre a Bahia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.