Sighetu Marmației

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2018). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Sighetu Marmației (em húngaro: Máramarossziget) é um município e cidade da Transilvânia com 41 246 habitantes, localizada no județ (distrito) de Maramureș.

História[editar | editar código-fonte]

Habitada desde o período Hallstatt, sua área urbana ficava às margens de uma rota importante, ao longo do Vale do rio Tisza. A primeira referência a um assentamento no local remonta ao século XI e a existência da cidade como tal foi mencionada pela primeira vez em 1326. Em 1352, era uma cidade livre real, capital do condado de Máramaros, no Reino da Hungria.

A partir de 1556, o assentamento tornou-se local de residência dos príncipes da Transilvânia. De 1570 a 1733, a cidade e o condado foram parte do Principado da Transilvânia. Em 1733, o rei Carlos III devolveu o Condado de Máramaros à Hungria.

Sighetu Marmației era um dos centros da vida cultural e política dehúngaros, romenos, rusyns e judeus, no Reino da Hungria.

Pelo Tratado de Paris, no final da Segunda Guerra Mundial, a cidade passou a ser parte da Romênia, com o nome de Sighetu Marmației.

Património[editar | editar código-fonte]

  • Museu de Maramureş - Composto pelas:
    • Casa Memorial Elie Wiesel (escritor Prémio Nobel nascido em Sighetu Marmației, Roménia);
    • Casa Memorial Ioan Mihalyi de Apșa (historiador romeno);

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia da Romênia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.