Solidago sempervirens

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma infocaixa de taxonomiaSolidago sempervirens
Solidago sempervirens L. (ASTERACEAE), Flor de Cubres, na Fajã dos Cubres, ilha de São Jorge, Açores, Portugal.

Solidago sempervirens L. (ASTERACEAE), Flor de Cubres, na Fajã dos Cubres, ilha de São Jorge, Açores, Portugal.
Classificação científica
Reino: Plantae
Clado: angiospérmicas
Clado: eudicotiledóneas
Ordem: Asterales
Família: Asteraceae
Género: Solidago
Espécie: S. sempervirens
Nome binomial
Solidago sempervirens

Solidago sempervirens, também conhecida por cubres é uma espécie botânica pertencente à família Asteraceae. Encontra-se em todas as ilhas dos Açores e costa oriental da América do Norte.

Caules até 60 cm de comprimento; numerosas folhas, apiculadas e ligeiramente espessas; grande número de pequenas flores amarelas.

Planta costeira, de falésias e depósitos de areia ou pedra. Somente na ilha do Faial e no grupo Ocidental existem algumas populações acima dos 250 m. O S. sempervirens ocorre disperso nos prados endémicos costeiros dominados pela Festuca petraea, assim como em habitats fortemente expostos, ao longo dos caminhos e junto a muros de pedra.

Na ilha das Flores pode-se tornar dominante na vegetação costeira das falésias, assumindo esta uma coloração amarelada quando o S. sempervirens está florido. Possivelmente foi introduzido vindo da América do Norte mas deverá ser um elemento já muito antigo da flora açoriana. A Fajã dos Cubres na Ilha de São Jorge tomou o seu nome a partir desta planta.

Actualmente encontra-se perfeitamente naturalizado em todas as ilhas.

Referências[editar | editar código-fonte]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Solidago sempervirens
Ícone de esboço Este artigo sobre asteráceas, integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.