Stereolab

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stereolab
Stereolab Live IV (cropped).jpg
Stereo lab ao vivo.
Informação geral
Origem Londres, Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) Post-rock
Indie rock
Música experimental
Música eletrônica
Período em atividade 1990 - 2009 (hiatus)
Gravadora(s) Duophonic Records
Elektra Records
Too Pure
4AD
Slumberland Records
Drag City
Afiliação(ões) McCarthy
Monade
Snowpony
High Llamas
Imitation Electric Piano
Atlas Sound
Integrantes Tim Gane
Lætitia Sadier
Simon Johns
Joseph Watson
Julien Gasc
Ex-integrantes Mary Hansen †
Andy Ramsay
Sean O'Hagan
Duncan Brown
Katharine Gifford
Morgane Lhote
Dominic Jeffery
Richard Harrison
Joe Dilworth
Martin Kean
Gina Morris
Página oficial Site Oficial

Stereolab é um grupo musical franco-britânico de post-rock cujo estilo é uma mistura de pop e lounge dos anos de 1950-1960 com ritmos emprestados do krautrock, da música brasileira, da eletrônica e de uma miríade de outras influências. O grupo foi fundado em 1990 pelo compositor inglês Tim Gane (guitarra, teclados) e a artista francesa Lætitia Sadier (canto, teclados, guitarra, trombone), que escreve e canta em francês e inglês[1].

São conhecidos pelo uso de sintetizadores Moog e órgãos Vox e Farfisa. Ganharam pelos fãs o apelido carinhoso de "The Groop", que aparece no título de uma música do álbum "Space Age Batchelor Pad Music": "The Groop Play Chord X". O aclamado álbum Emperor Tomato Ketchup, de 1996, está na lista "The 100 Greatest Indie Rock Albums of All Time"[2] do site Amazon.com.

Desde abril de 2009, a banda encontra-se em um hiato sem previsão de lançar novo material.[3].

Histórico[editar | editar código-fonte]

Lætitia Sadier e Tim Gane se conhecem nos anos de 1980, durante um concerto do grupo londrino McCarthy, do qual Gane era líder. Uma relação amorosa e musical começa, resultando no Stereolab quando McCarthy se separa no começo dos anos 1990. Eles vendem suas primeiras gravações, principalmente por correspondência e em lojas especializadas (Rough Trade, New Rose etc) até que o primeiro álbum, Peng!, é lançado em 1992.

Formações[editar | editar código-fonte]

Com o passar dos anos, Gane e Sadier receberam a companhia de um grande número de outros músicos para acompanhá-los nos palcos e gravações. A primeira formação incluiu Martin Kean no baixo e Joe Dilworth na percussão, com Russel Yates e Mick Conroy também aparecendo em apresentações. Em 1993 foram recrutados Andy Ramsay (bateria) e Mary Hansen (voz, guitarra, teclados e percussão). A voz distintiva de Hansen se tornou um elemento importante no som dos Stereolab. A artista continuou membro da banda até sua morte em um acidente envolvendo sua bicicleta em Londres, em dezembro de 2002.

A formação presente da banda consiste de Tim Gane, Lætitia Sadier, Andy Ramsay, Simon Johns, Dominic Jeffrey, Joseph Watson, e Joseph Walters.

Estilo[editar | editar código-fonte]

Os primeiros materiais da banda apresentava uma grande influência de krautrock, particularmente Neu! e Faust, com uso de órgãos Farfisa distorcidos e riffs repetitivos na guitarra e nos teclados. Com o desenvolvimento da banda, foi incorporada uma nova instrumentação e um crescente senso de ritmo e estrutura, mostrando cada vez mais influência da MPB.

Letras e títulos[editar | editar código-fonte]

Muitas músicas dos Stereolab tratam de questões filosóficas e políticas, algumas vezes até em cenários surrealistas ou situacionistas. As letras escritas por Sadier, em francês e inglês, são freqüentemente sociológicas e se posicionam como um contraponto ao som que é particular à banda. Um exemplo é "Ping Pong", do álbum "Mars Audiac Quintet", que é uma alusão explícita às teorias marxistas sobre a relação entre os ciclos econômico e bélico. Os títulos evocam memórias de histórias de ficção científica dos anos 50, freqüentemente sendo "emprestados" diretamente de velhos filmes e gravações da época.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio[editar | editar código-fonte]

Compilações[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Stephen Thomas Erlewine & Wade Kergan. «allmusic ((( Stereolab > Biography )))». Consultado em 8 de Fevereiro de 2010 
  2. «The 100 Greatest Indie Rock Albums of All Time». Consultado em 8 de Fevereiro de 2010 
  3. «NME: Stereolab go on hiatus». 6 de Abril de 2009. Consultado em 8 de Fevereiro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Informações
Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.