Steven H. Miles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Documentos justificando o Programa de Tortura Americano- Pareceres Legais escritos em 2003 pelo advogado americano John Yoo- aponte na foto para ver sequência[1], justificando o uso de Tortura

Steven H. Miles é um médico americano[2], autor e professor de Medicina, chefe do setor Bioética da Escola de Medicina da Universidade de Minnesota, USA. Tem pesquisado amplamente e publicado sobre o tema da ética médica e cumplicidade de profissionais das áreas médicas em tortura.* Steven H. Miles[3]

Ele mantém um arquivo de 60.000 páginas de documentos governamentais que descrevem este sistema médico cumplice em tortura na guerra contra o terror.

É o moderador do Bioética International, (Bioethics International, em inglês), um grupo de 600 professores de bioética de 55 países.

Publicações[editar | editar código-fonte]

Dr. Miles publicou diversos livros e estudos sobre ética médica, direitos humanos[4], medicina tropical e Medicina geriátrica[5].

Em seu livro sobre o Juramento de Hipócrates e de Ética da Medicina, publicado pela Oxford University Press, analisou o significado do Juramento de Hipócrates sob a luz dos textos médicos da época.

Com as revelações da participação medica nos centros de tortura americanos em 2004, pesquisou intensamente o papel da medicina militar na guerra contra o terror e a tortura nas prisões sob controle de americanos[6][7]. O resultado de sua pesquisa foi publicado em seu livro "Juramento Traído: Médicos Americanos Torturadores", da University of California Press. (Título original Oath Betrayed: America's Torture Doctors, (University of California Press, 20 de Abril de 2009, ISBN 978-0-520-25968-3.) onde ela examina medicina militar nas prisões na guerra contra o terror [8].

Tortura na América Latina[editar | editar código-fonte]

Em 2009, publicou os resultados de extensa pesquisa sobre a punição ou não de médicos que participaram em tortura nos países da América Latina, incluindo os médicos que participaram em tortura nos Anos de chumbo no Brasil. Os resultados de sua pesquisa foram publicados e continuam sendo atualizados no relatório: "Punindo os médicos que torturam: um trabalho em andamento[9][10]."

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Justice: Torture Memo Fallout
  2. Nobel Conference 42 - Medicine: Prescription for Tomorrow - October 3 & 4, 2006, Gustavus Adolphus College
  3. Oath Betrayed: Torture, Medical Complicity, and the War on Terror | Democracy Now! Juramento Traído: Tortura, Cumplicidade Médica e Guerra ao Terrorismo - 30 de junho de 2006
  4. Torture: The Bioethics Perspective - The Hastings Center
  5. Steven Miles, MD - AHC - Bioethics, University of Minnesota
  6. The Robert Delahunty torture-memo controversy at St. Thomas | MinnPost
  7. Dr. Steven H. Miles to Give Closing Lecture at Nobel Conference - Posted on October 4th, 2006 by News Office
  8. Oath Betrayed: Torture, Medical Complicity, and the War on Terror | BMJ
  9. Punindo Médicos que torturam:Um trabalho em Andamento
  10. Tortura- Punindo Médicos que torturam:Um trabalho em Andamento - 2009
  11. Professor McCoy Exposes the History of CIA Interrogation, From the Cold War to the War on Terror | Democracy Now! A História dos Interrogatórios pela CIA, da Guerra Fria à Guerra ao Terrorismo - Por Alfred W. McCoy - 17 de fevereiro de 2006
  12. More Healthcare Professionals Involved in Design, Structuring of Torture Than in Providing Care for Survivors | Democracy Now! Mais profissionais envolvidos no planejamento e estrutura de tortura que em cuidar de sobreviventes - Steven Miles - 28 de setembro de 2007
  13. The Shock Doctrine: Naomi Klein on the Rise of Disaster Capitalism | Democracy Now! A Doutrina do Choque: a Ascensão do Capitalismo de Desastre ISBN 9788520920718 - 17 de setembro de 2007
  14. 13inmate_ProjectMKULTRA.pdfProjeto MKULTRA The New York Times 3 de agosto de 1977