Subversion

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Svn)
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2016)
Por favor, melhore este artigo inserindo fontes no corpo do texto quando necessário.
Apache Subversion
Desenvolvedor Apache Software Foundation
Versão estável 1.9.4 (28 de abril de 2016; há 11 meses)
Sistema operacional Multi-plataforma
Licença Licença Apache
Página oficial subversion.apache.org/

Apache Subversion (também conhecido por SVN) é um sistema de controle de versão desenhado especificamente para ser um substituto moderno do CVS, que se considera ter algumas limitações. O Subversion utiliza banco de dados Berkeley BD.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Versão 1.6: (lançada em 20 de março de 2009)

  • Melhorias no svn merge
  • Correção de vários bugs

Versão 1.5: (lançada em 19 de junho de 2008)

  • Registro de intercalagens.

Versão 1.4: (lançada em 10 de setembro de 2006)

  • Suporte ao BDB 4.4
  • O acesso ao repositório mudou. Quer dizer que os repositórios vão sendo gradualmente atualizados. Então, versões anteriores não poderão aceder a novos repositórios.

Versão 1.3: (lançada em 1 de janeiro de 2006)

  • Binds para python e ruby
  • Mais de 30 bugs corrigidos

Versão 1.2: (lançada em 21 de maio de 2005)

  • travamento de arquivos quando não é possível intercalá-los ("reserved checkouts")
  • auto-versionamento WebDAV integral

Versão 1.1 (lançada em 20 de Setembro de 2004):

  • mensagens internacionalizadas do programa
  • versionamento de atalhos simbólicos
  • um novo formato de repositório, FSFS, que não usa um "back-end" de base de dados, guardando as revisões em ficheiros no sistema de ficheiros.

A versão 1.0 do Subversion (lançada em 23 de Fevereiro de 2004) possui as seguintes características:

  • As características mais correntes do CVS
  • São guardadas versões de directorias, mudanças de nome e meta-dados de ficheiros
  • As operações de "commit" são verdadeiramente atómicas
  • Servidor HTTP Apache como servidor de rede, WebDAV/DeltaV como protocolo (também existe um processo independente de servidor que usa um protocolo personalizado sobre TCP/IP)
  • A ramificação e a etiquetagem são operações "baratas" (em tempo constante)
  • Desenho nativo de arquitectura cliente-servidor e de "biblioteca em camadas"
  • O protocolo cliente-servidor envia diffs em ambas as direcções
  • Os custos são proporcionais ao tamanho das mudanças e não ao tamanho dos dados
  • Tratamento eficiente de ficheiros binários.
  • Saída de informação passível de ser analisada gramaticalmente (incluindo a saída de registos em formato XML)
  • Licença de software livre - "licença CollabNet/Tigris.org ao estilo Apache"

Softwares relacionados[editar | editar código-fonte]

Clientes/fachadas em ambiente gráfico de usuário (GUI)[editar | editar código-fonte]

Alternativas[editar | editar código-fonte]

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]