Tancredo da Galileia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Tancredo da Galileia
Tancredo de Altavila no Cerco de Jerusalém em 1099
Nascimento 1072
Morte 5 de dezembro de 1112 (40 anos)
Ocupação Cavaleiro

Tancredo da Galileia ou Tancredo de Hauteville ou ainda Tancredo de Altavila (10725 de dezembro de 1112 (ou 12 de dezembro de 1112) foi um cavaleiro normando da Itália Meridional e um dos líderes da Primeira Cruzada. Posteriormente tornou-se príncipe da Galileia, regente do Principado de Antioquia e do Condado de Edessa.

Tancredo era filho do senhor normando Odon Bonmarchis com Ema de Altavila (ou Ema de Apúlia), sobrinho de Boemundo de Taranto e neto de Alberada de Buonalbergo com Roberto Guiscardo, duque de Apúlia, da Calábria e da Sicília.

Em 1096, Tancredo juntou-se ao seu tio Boemundo na Primeira Cruzada. Em Constantinopla, os líderes cruzados, pressionados por Aleixo I Comneno, prometeram ceder ao Império Bizantino as terras que conquistassem aos muçulmanos. Embora os outros líderes tivessem jurado sem pretender cumprir a promessa, Tancredo recusou-se a fazer o juramento.

Tendo participado no cerco de Niceia em 1097, viu a cidade ser tomada pelo exército de Aleixo devido a negociações secretas deste com os turcos seljúcidas. A partir deste momento Tancredo não confiou nos bizantinos. Mais tarde no mesmo ano, tomou Tarso e outras cidades da Cilícia, e participou do cerco a Antioquia em 1098.

No ano seguinte, durante o ataque a Jerusalém, Tancredo, tal como Gastão IV de Béarn, reclamou a honra de ter sido o primeiro cruzado a entrar na cidade em 15 de julho. Ambos fizeram centenas de prisioneiros muçulmanos, dando protecção a alguns deles no telhado do Templo de Jerusalém. Mas na manhã seguinte, ordenaram aos cruzados o massacre dos refugiados no templo - muçulmanos e judeus, homens e mulheres. Quando se estabeleceu o Reino de Jerusalém, Tancredo recebeu o Principado da Galileia, território localizado a sul e a oeste do mar da Galileia, e vassalo de Jerusalém.

Tancredo em Tarso (iluminura medieval)

Tancredo renunciou ao seu principado para se tornar regente de Antioquia em 1100, quando o seu tio Boemundo foi aprisionado pelos danismendidas. Expandiu o território do principado ao tomar terras dos bizantinos, apesar de na década seguinte Aleixo tentar, sem sucesso, subjugá-lo ao controlo do seu império.

Em 1104 também se tornou regente do Condado de Edessa quando Balduíno II foi aprisionado na batalha de Harã. E depois da sua libertação em 1108, Balduíno teve de lutar contra Tancredo, aliando-se a alguns governantes muçulmanos locais para retomar o seu condado e ver o seu regente e rival voltar para Antioquia.

Em 1108, com a morte de Gervásio de Bazoches, Tancredo voltou a assumir o Principado da Galileia. Recusou-se a honrar o Tratado de Devol, pelo qual Boemundo I jurara vassalagem a Aleixo, e por várias décadas o Principado de Antioquia manteve-se independente do Império Bizantino. Em 1110 tomou o Krak dos Cavaleiros, que se tornaria numa importante fortaleza do Condado de Trípoli.

Tancredo permaneceu regente de Antioquia, então em nome do seu primo Boemundo II até à sua morte em 1112, durante uma epidemia de febre tifóide. Tinha-se casado com Cecília de França, filha do rei Filipe I de França com a sua segunda esposa Bertranda de Monforte, mas morreu sem gerar descendência.

Tancredo e Ermínia de Nicolas Poussin - Tancredo da Galileia numa versão romantizada criada no século XVI

Tancredo na ficção[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Tancredo da Galileia
  • Gesta Tancredi, um panegírico de Tancredo escrito em latim por Rudolfo de Caen, um normando que aderiu à Primeira Cruzada e serviu sob o comando de Tancredo e Boemundo I. Em 2005 foi publicado uma tradução para inglês: The Gesta Tancredi of Ralph of Caen: A History of the Normans on the First Crusade, Bernard S. Bachrach & David S. Bachrach, Ashgate Publishing, Ltd., 2005, (ISBN 0-7546-3710-7)
  • Bohemund und Tancred por B von Kugler (Tubingen, 1862) baseia-se nestes dois personagens
  • Tancred: A Study of His Career and Work, Robert Lawrence Nicholson, AMS Press, 1978
  • The First Crusade: The Chronicle of Fulcher of Chartres and Other Source Materials, Edward Peters, Philadelphia: University of Pennsylvania Press, 1998
  • The Life and Times of Tancred, Stuart Hunn, Penguin Publishing, 1985


Precedido por
fundação do principado
Príncipe da Galileia
1099 - 1101
Sucedido por
Hugo de Fauquembergues
Precedido por
Boemundo I
(Príncipe)
Armoiries Bohémond d'Antioche.svg
Regente do
Principado de Antioquia

1100-1103 e 1104-1112
Sucedido por
Boemundo II
(Príncipe)
Precedido por
Balduíno II
Blason Courtenay.png
Regente do
Condado de Edessa
(em nome do conde
Balduíno II de Edessa,
sob o governo de
Ricardo do Principado)

1104-1108
Sucedido por
Balduíno II
Precedido por
Gervásio de Bazoches
Príncipe da Galileia
1109 - 1112
Sucedido por
Joscelino I de Edessa