The Best (canção)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"The Best"
Single de Tina Turner
Lançamento 2 de Setembro de 1989
Gênero(s) Pop rock
Duração 4 min 09 seg
Gravadora(s) Capitol Records
Produção Tina Turner
Dan Hartman
Cronologia de singles de Tina Turner
Último
Último
634-5789 (Live)
(1983)
I Don't Wanna Lose You
(1991)
Próximo
Próximo

"The Best" é uma canção escrita por Mike Chapman e Holly Knight, originalmente incluída no album Hide Your Heart de Bonnie Tyler. A versão de Tina Turner foi gravada um ano depois e incluída no álbum Foreign Affair. O solo de saxofone na versão de Turner é interpretado por Edgar Winter. Foi considerado pelos críticos como o single de maior sucesso de Tina Turner em todo o mundo. O disco atingiu o número 15 na Billboard Hot 100 E.U,chegando ao top cinco no Reino Unido e top 4 na Alemanha.

Uma versão gravada em 1992, como um dueto com Jimmy Barnes, intitulado "Simply the Best". O single foi considerado como hit entre os TOP 4 na Austrália, onde foi usado em uma campanha para o New South Wales Rugby League.

Curiosidade:

Durante o show de Tina Turner em setembro e 1993, após a vitória de Ayrton Senna no grande prêmio de F1 em Adelaide na Austrália, que comemorava o encerramento da temporada, a cantora chamou o brasileiro que estava acompanhado de sua namorada Adriane Galisteu ao palco. E dedicou a Senna a canção “Simply the Best”. Ao público presente, nem parecia que o título de 1993 havia ficado com Prost. Todos ali pareciam concordar que Senna era simplesmente o melhor.

Em entrevista (logo abaixo) Tina Turner declarou

que "The Best" ganhou sentido na pessoa de Ayrton Senna

" Quando cantei pela primeira vez "Simply the Best" [ Simplesmente o melhor], ainda não pensava em Senna, mas pensava numa pessoa obstinada que lutava pela vida, numa pessoa sem erros,perfeita, que não existia. Mas quando pude conhecer Senna pessoalmente, senti na hora que ele personificava "Simply the Best". Na segunda vez que o vi, ele estava na plateia vip de um de meus shows. Não resisti. Quando o vi à minha frente, não tive dúvidas. Chamei-o ao palco para que ele cantasse comigo a "sua música". Aquele momento foi mágico, pois eu percebi a sua felicidade. - Tina Turner"

FONTES:

ITIBERÊ, Celso. Senna, uma nova paixão nacional na Austrália. O Globo,

09 de Novembro de 1993, Matutina, Esportes, página 26

À frente de seu tempo. Manchete, São Paulo, Edição Histórica, nº 2530, p. 72 – 75, Março 2004.

RODRIGUES, Ernesto. Ayrton, o herói revelado. Edição 1. Rio de Janeiro: Editora Objetiva, 2004.

GALISTEU, Adriane. Caminho das Borboletas. Edição 1. São Paulo: Editora Caras S.A., novembro de 1994. 

RUBYTHON, Tom. The Life of Senna. 1º Edição Sofback. London: BusinessF1 Books, 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]