The Glass Key (1942)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
The Glass Key
Sou eu o criminoso (PRT)
Capitulou sorrindo ou A chave de vidro (DVD) (BRA)
 Estados Unidos
1942 •  p&b •  85 min 
Direção Stuart Heisler
Produção Fred Kohlmar
Buddy G. DeSylva (não creditado)
Roteiro Jonathan Latimer
Dashiell Hammett
Elenco Brian Donlevy
Veronica Lake
Alan Ladd
Gênero drama noir
Música Victor Young
Distribuição Paramount Pictures
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Glass Key (br.: "Capitulou sorrindo" ou "A chave de vidro" (DVD)/pt.: "Sou eu o criminoso") é um filme de drama noir estadunidense de 1942, dirigido por Stuart Heisler. O roteiro adapta romance homônimo de Dashiell Hammett, que já havia sido filmado antes em 1935.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O chefe político vigarista Paul Madvig resolve apoiar o candidato reformista Ralph Henry para governador por estar interessado na filha dele, Janet Henry. Quando o irmão dela, Taylor, aparece morto, Madvig se torna o principal suspeito pois era contrário ao namoro dele com a filha, Opal Madvig. O braço-direito do político, Ed Beaumont, investiga o assassinato por conta própria e sofre a oposição do gângster Nick Varna e de seu brutal capanga Jeff, contrários a eleição de Ralph.

Referências

  1. a b «The Glass Key». AFI Catalog of Feature Films. Consultado em 19 de dezembro de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Áudio[editar | editar código-fonte]