The Vampire Armand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
O Vampiro Armand
Autor(es) Anne Rice
Idioma inglês
País Estados Unidos
Género Terror
Série Crônicas Vampirescas
Editora Alfred A. Knopf
Lançamento 10 de outubro de 1998
Páginas 387 (edição em capa-dura) & 400/520 (edição em brochura)
ISBN ISBN 978-0679454472 (edição em capa-dura)
Cronologia
Memnoch the Devil
Merrick

O Vampiro Armand (The Vampire Armand) (1998) é o sexto livro da série Crônicas Vampirescas de Anne Rice.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Relata a vida de Armand (ou Amadeo), desde sua infância até sua passagem por Constantinopla, onde é vendido como escravo pelos tártaros. Nessa narrativa, Armand conta também a David Talbot o que aconteceu durante a sua estadia com o vampiro Marius de Romanus, em Veneza durante a época da Renascença, onde acaba por torna-se um ser imortal.

No livro Blood and Gold (2001), é contada em detalhes a captura de Armand, e sua permanência no culto satânico dos vampiros, do qual, mais tarde se torna líder.

Armand, Amadeo, Andrei, este livro conta a história de um dos personagens centrais da saga das Crônicas Vampirescas de Anne Rice.

A história continua exatamente onde acaba Memnoch the Devil e explica o que parecia ter sido a morte de Armand nesse romance (que lança-se ao Sol depois de ver o véu manchado com o sangue de Jesus, que Lestat traz de sua viagem pelos infernos). Armand na verdade não morre e é salvo pela intervenção de dois mortais, Sybelle e Benji.

A maneira como são narradas as experiências de Armand, Amadeo, ou Andrei (esses são seus três nomes) é construído a partir do desejo de David Talbot de escrever um livro de memórias de Armand, a que Armand acaba concordando e então começa toda a história que será narrada.

A razão porque seu nome vem mudando está diretamente relacionada com as fases de sua vida: foi Andrei em sua Rússia natal, antes de ser sequestrado; Marius rebatiza-o de Amadeo (que significa amado por Deus) e, finalmente, Santino, o chefe da seita dos vampiros fanáticos que o captura em Veneza, atribuí-lhe o nome de Armand, que será o seu nome em definitivo.

Armand, transformado em vampiro pelo grande Marius na idade de 17 anos, é um jovem de aparência quase feminina, a quem todos parecem estar dispostos a perdoar e a amar por uma beleza que é considerada uma graça divina. Torturado pela crença de que Marius tinha sido exterminado por outros vampiros, passa a fazer parte de um grupo de vampiros do qual torna-se um de seus líderes, no momento em que acaba de se encontrar com Louis de Pointe du Lac (o Louis, que foi interpretado por Brad Pitt) e com Lestat.