The Zero Theorem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde março de 2018).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Cinema.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde março de 2018.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde março de 2018). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
The Zero Theorem
Tema computação
País Reino Unido, França, Romênia, Estados Unidos
Lançamento 2 de setembro de 2013
Diretor(a) Terry Gilliam
Gênero Comédia dramática
filme de ficção científica
filme de mistério
fantasia
filme distópico
filme dramático
Duração 107 minutos

The Zero Theorem é um filme de 2013 de ficção científica, dirigido por Terry Gilliam, escrito por Pat Rushin, e estrelando Christoph Waltz, Lucas Hedges, Mélanie Thierry, e David Thewlis.[1][2][3]

A história se passa em volta de Qohen Leth (Waltz), um gênio cientista de computação trabalhando para a fórmula para determinar o sentido da vida.[4][5]

O filme teve sua produção iniciada em outubro de 2012.[6]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=zerotheorem.htm
  2. Brady, Tara (14 de março de 2014). «Terry Gilliam: "The poetry of cinema has been replaced by the Dan Brown prose of cinema"». The Irish Times. Consultado em 14 de março de 2014 
  3. John Hopewell (31 de agosto de 2013). «Venice: Flexible Biz Model Amps Up Voltage». Variety.com. Consultado em 4 de setembro de 2013. €10.34 million (around $13.5 million) 
  4. Pulver, Andrew (2 de setembro de 2013). «Terry Gilliam blames internet for the breakdown in 'real relationships'». The Guardian. Consultado em 7 de setembro de 2013 
  5. Brady, Tara (14 de março de 2014). «Terry Gilliam: "The poetry of cinema has been replaced by the Dan Brown prose of cinema"». The Irish Times. Consultado em 14 de março de 2014 
  6. «Dreams: Terry Gilliam talks about preproduction for The Zero Theorem». smart.co.uk. Agosto de 2012. Consultado em 13 de outubro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme de ficção científica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Under construction icon-yellow.svg
Este artigo carece de caixa informativa ou a usada não é a mais adequada. Foi sugerido que adicionasse esta.