Tongóbriga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Tongóbriga é uma cidade romanizada situada na freguesia portuguesa do Freixo, concelho de Marco de Canaveses. Está classificada como Monumento Nacional.

A sua promoção e divulgação é levada a cabo pela Associação de Amigos de Tongóbriga, que tem o desígnio de construir um espaço cultural vivo na região.

História[editar | editar código-fonte]

Situada no limite do território dos Callaeci Bracari, a cidade galaico-romana de Tongóbriga revela uma etimologia céltica composta pelos elementos tong- (jurar) e -briga (povoado fortificado). As referências mais antigas a esta cidade remontam ao século II, pelo geógrafo Ptolomeu. A passagem de vias romanas nas imediações, que estabeleciam a ligação com os principais centros populacionais da então Lusitânia, aponta no mesmo sentido do peso regional de Tongóbriga.

As escavações da urbe iniciaram-se em Agosto de 1980, num sítio conhecido localmente por Capela dos Mouros, e estenderam-se a uma área superior a trinta hectares. Sob a direcção de Lino Tavares Dias, constatou-se a importância desta cidade como centro estruturado de poder, civitas, confirmada pela presença de uma estrutura termal de 1400 m², com uma área comercial anexa, datadas, respectivamente, do século I e primeira metade do século II. Possui ainda uma estrutura do período castrejo, nomeadamente os banhos públicos e a Pedra Formosa, junto das termas.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Coutinhas, José Manuel - Aproximação à identidade etno-cultural dos Callaeci Bracari. Porto. 2006.
  • Guerra, Amílcar - Nomes pré-romanos de povos e lugares do Ocidente peninsular. Lisboa. 1998.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.