Tróspio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Tróspio ou cloreto de tróspio é um fármaco utilizado pela medicina como antiespasmódico de vias urinárias, nas situações de bexiga hiperativa, incontinência urinária, nictúria, polaciúria e distúrbios urodinâmicos.[1]

É um fármaco sintético, que apresenta potentes efeitos antimuscarínicos (nos receptores M1 e M3 principalmente) e ganglioplégicos. Este medicamento apresenta baixa toxicidade e é eliminado inalterado na urina.[1][2]

Contra-indicações[editar | editar código-fonte]

Associações com outros medicamentos antimuscarínicos ou anticolinérgicos potencializam os efeitos do tróspio. Amantadina, tricíclicos, simpatomiméticos de ação beta, disopiramida, quinidina e anti-histamínicos são contra-indicados.[1]

Notas e referências

  1. a b c P.R. Vade-mécum ABIMIP 2006/2007
  2. «Bexiga Hiperactiva». Consultado em 11 de março de 2009. 
Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.