Quinidina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Março de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Quinidina
Alerta sobre risco à saúde
Quinidine2d.png
Quinidine-3d-balls.png
Nome IUPAC (9S)-6'-methoxycinchonan- 9-ol
Outros nomes (2-ethenyl- 4-azabicyclo [2.2.2] oct- 5-yl)- (6-methoxyquinolin- 4-yl)- methanol,
6'-methoxy- ?-(5-vinyl- 2-quinuclidinyl)- 4-quinoline methanol,
(S)- (6-methoxyquinolin- 4-yl) ((2R,4S,5R)- 5-vinylquinuclidin- 2-yl) methanol
Identificadores
Número CAS 56-54-2
PubChem 5953
DrugBank APRD00136
Código ATC C01BA01
Propriedades
Fórmula química C20H24N2O2
Massa molar 324.41 g mol-1
Farmacologia
Biodisponibilidade 70-80%
Via(s) de administração Oral
Metabolismo 50-90% Hepatic
Meia-vida biológica 6-8h
Excreção Renal
Compostos relacionados
Compostos relacionados Quinina (estereoisómero)
Diidroquinidina (em vez do etenil, etil)
Cinchonidina (sem o metoxi)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

A Quinidina é um fármaco do grupo dos Antiarritmicos da classe I, que é usado no tratamento das Arritmias cardiacas. É um estereoisómero da quinina, que existe na casca das árvores Cinchona.

Usos clínicos[editar | editar código-fonte]

Mecanismo de acção[editar | editar código-fonte]

Bloqueia os canais de sódio activos nos miócitos condutores, ou seja bloqueia mais os canais recentemente activos (impedindo batimentos imediatamente seguidos). Bloqueia em grau menor os canais de potássio. Tem efeito anti-noradrenérgico (receptores foi tipo alfa do SNA Parassimpático); de modo a reduzirem a atividade contrátil do miocárdio.

Administração[editar | editar código-fonte]

Oral enquanto sal. É metabolizada no fígado pelas oxidases do citocromo p450.

Efeitos clinicamente úteis[editar | editar código-fonte]

Prolonga o intervalo QRS no electrocardiograma, prolongado o potencial de acção. Diminui a frequência cardiaca.

É antagonista fraco dos receptores adrenérgicos (sistema simpático) alfa, produzindo vasodilatação.

Efeitos adversos[editar | editar código-fonte]

Em mais de um terço dos doentes:

  • Náuseas, diarreia, vómitos
  • Cefaleias, zumbidos, vertigens.

Raramente causa:

Interacções com outros fármacos[editar | editar código-fonte]