Tuka Rocha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre alguém que morreu recentemente. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (data da marcação: 08 de dezembro de 2019; editado pela última vez em 24 de novembro de 2019) Twemoji 1f464.svg
Christiano "Tuka" Rocha
Período em atividade 2008 - 2019
Nacionalidade brasileiro
Data de Nascimento 13 de dezembro de 1982
Local de Nascimento São Paulo, SP
Data da Morte 17 de novembro de 2019 (36 anos)
Lugar da Morte Salvador, BA
Stock Car Brasil de 2011
Ano de estreia 2011
Equipe atual BMC-Vogel

Christiano Chiaradia Alcoba Rocha, mais conhecido como Tuka Rocha (São Paulo, 13 de dezembro de 1982Salvador, 17 de novembro de 2019), foi um piloto automobilístico brasileiro.

Trajetória esportiva[editar | editar código-fonte]

Venceu vários campeonatos de kart no Brasil entre 1996 e 2000, conquistando o tri-campeonato brasileiro de kart consecutivo e, em 2001. mudou para a Fórmula 3 Sudam Lights.

Em 2004 foi à Europa para competir na World Séries by Nissan, onde era companheiro de equipe de Ricardo Zonta. Em 2004 disputou a Fórmula 3000 Euroseries. Em 2005 foi piloto de testes do A1 Team Brasil no campeonato de A1 GP, e foi um dos pilotos titulares durante a temporada 2005-2006.

Em 2008 foi escolhido como o piloto para guiar o carro do Flamengo na temporada de estréia da Fórmula Superliga.[1]

Em 2011 estreou na Stock Car Brasil pela equipe BMC-Vogel.[2] Ganhou o prêmio revelação da temporada da Stock Car, sendo homenageado na cerimônia de premiação da categoria.

Na etapa do Rio de Janeiro, Tuka passou por um susto: seu carro, de número 25, começou a pegar fogo logo na segunda volta. A fumaça começou a tomar conta do carro e, em uma atitude desesperada, Tuka se atirou do carro em chamas e saiu do carro andando, mas caiu logo em seguida, sem queimaduras.[3]

Fórmula Superliga[editar | editar código-fonte]

Ano Equipe 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Pos. Pts.
2008 Flamengo

Astromega

Reino Unido
GBR
Ret
Reino Unido
GBR
2
Alemanha
GER
Alemanha
GER
Bélgica
BEL
Bélgica
BEL
Portugal
POR
Portugal
POR
Itália
ITA
Itália
ITA
Espanha
SPA
Espanha
SPA
9º * 45*

*Temporada em progresso

Acidente aéreo e morte[editar | editar código-fonte]

Em 14 de novembro de 2019, Tuka Rocha sofreu um acidente de avião que estava com mais oito pessoas em Maraú na Bahia. Maysa Marques Mussi e Marcela Brandão faleceram e outras sete continuam internadas. Tuka Rocha teve 80% de seu corpo queimado. Após 3 dias internado, Tuka morreu no dia 17 de novembro no hospital em Salvador aos 36 anos.[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]