Ulrich Köhler

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ulrich Köhler
Nascimento 15 de dezembro de 1969 (48 anos)
Marburg, Alemanha
Ocupação Cineasta
Atividade 1993-presente
Festival de Berlim
Urso de Prata de Melhor Realizador
2011
IMDb: (inglês)

Ulrich Köhler (Marburgo, 15 de dezembro de 1969) é um cineasta alemão, considerado um dos principais expoentes do movimento cinematográfico contemporâneo conhecido como Escola de Berlim. Köhler recebeu, entre outros prêmios, o Urso de Prata de melhor diretor no Festival de Berlim, em 2011, pelo filme A Doença do Sono (Schlafkrankheit).[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Köhler viveu até os nove anos de idade em Zaire, onde seus pais trabalhavam. A mudança para uma pequena cidade do estado alemão de Hesse foi um passo difícil em sua vida, assim como na de seus irmãos.[2] De 1989 a 1991, Köhler estudou artes em Quimper, uma comuna no norte da França, e, posteriormente, filosofia e comunicação audiovisual na faculdade de artes plásticas de Hamburgo, na Alemanha. Após graduar-se, em 1998, realizou diversos curtas-metragens. Em 2002, seu longa-metragem Bangalô (Bungalow) foi exibido na mostra Panorama do Festival de Berlim. Em 2005, filmou Morgen kommen die Fenster - que conta, entre outros, com o ex-jogador de tênis Ilie Năstase em seu elenco.

Köhler recebeu o prêmio Urso de Prata de melhor direção, do Festival de Berlim, por seu trabalho em A Doença do Sono (Schlafkrakheit).[3] Ele vive com a cineasta Maren Ade, em Berlim.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título original Título no Brasil Título em Portugal
1993 Feldstraße (curta-metragem)
1996 Epoxy (curta-metragem, realizado em parceria com Nina Könnemann)
1997 Starsky (curta-metragem)
1997 Maria Tokyo (curta-metragem)
1998 Palü (curta-metragem, realizado em parceria com Jochen Dehn)
1998 Rakete (curta-metragem, realizado em parceria com Nina Könnemann)
1999/200 White Calf (curta-metragem/instalação, realizado em parceria com Jeanne Faust)
2002 Bungalow Bangalô
2006 Montag kommen die Fenster
2011 Schlafkrankheit A Doença do Sono

Referências

  1. Damasceno, Marcio (19 de fevereiro de 2011). «Filme iraniano leva Urso de Ouro no Festival de Berlim». Deutsche Welle 
  2. «Schlafkrankheit» (em alemão). Arte. 31 de janeiro de 2013 
  3. «Premiados na edição de 2011» (em alemão). Festival de Berlim. Consultado em 15 de janeiro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.