Unidade Monetária Europeia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde setembro de 2016).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.

Unidade Monetária Europeia era uma moeda escritural que existiu na União Europeia entre 1999 e 2002. Sendo uma moeda escritural, só servia para transacções entre bancos estrangeiros (neste caso, da União Europeia). O mecanismo de câmbio europeu tentou minimizar as flutuações entre as moedas dos Estados membros e da UME. A UME também foi usada em algumas transações financeiras internacionais, onde a sua vantagem era que os títulos denominados em ECU fornecidos aos investidores a oportunidade de diversificação estrangeira sem depender da moeda de um único país.[1]

Por ser uma moeda escritural, não havia emissão de notas e moedas - com exceção de uma pequena série de moedas comemorativas.[2]

Foi substituída pelo Euro em 2002, ao rácio de 1:1 (1 Unidade Monetária Europeia = 1 Euro).

Referências

  1. David L. Scott, Wall Street Words (3rd ed. 2003), p. 130.
  2. «Gibraltar coins» (PDF). Consultado em 2011-07-17.