Dracma

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Dracma
Dados
Código ISO 4217 GRD (obsoleto)
Usado  Grécia
Inflação
Sub-Unidade
1/100

Centavo
Símbolo ₯ / Δρ.
Plural Dracma
Moedas 10, 20, 50 centavos
; 1, 2, 5, 10, 20, 50, 100 e 500 Dracma
Notas 50, 100, 200, 500, 1000, 5000 e 10000 Dracma
Banco Banco de Grécia
www.bankofgreece.gr
Fabricante Não disponível

Dracma (em grego: δραχμή — plural, δραχμές ou δραχμαί; derivado do verbo "δράττω" — dratto, "segurar") é o nome de uma antiga moeda encontrada em muitas cidades-estados gregas e Estados sucessores, e em muitos reinos do Médio Oriente do período helenístico. Também foi uma unidade monetária do Império Aquemênida e Império Parta e serviu como base da cunhagem do Império Sassânida.[1] Dracma, segundo a mitologia grega, era um meio de oferenda à Íris, a deusa do arco-íris que proporcionava depois da oferenda, uma mensagem através da névoa.

O termo também foi empregado para definir três unidades monetárias gregas modernas - a primeira introduzida em 1832 e a última substituída pelo euro em 2001 (na proporção de 340,750 dracmas por 1 euro). O euro não começou a circular antes de 2002 mas foi fixado em 19 de junho de 2000, com a introdução legal do euro a partir de janeiro de 2002. A dracma era a mais antiga moeda ainda em circulação no mundo, até ser substituída pelo euro.

Cultura popular[editar | editar código-fonte]

A dracma também foi citada nas séries de livros "Percy Jackson e os Olimpianos" e "Os Heróis do Olimpo" como moeda usada por semideuses.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Parábola da Dracma Perdida

Referências

  1. Gignoux 1995, p. 424-428

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gignoux, Philippe; Bates, Michael (1995). «Dihram». Enciclopédia Irânica. Vol. VII, Fasc.4 (Nova Iorque: Bibliotheca Persica Press). 
Ícone de esboço Este artigo sobre numismática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Dracma