Usuário:Lauro Chieza de Carvalho

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Bem-vindo à página pessoal de Lauro Chieza de Carvalho.

    Eu sou eu eu; nós, nada mais, nada menos!

    Ich bin ich ich; wir, nichts mehr, nichts weniger!

    I am me me; we, nothing more, nothing less!



    "What we do in life echoes in eternity!" ( Maximus Decimus Meridius - Em Gladiador )

    já para os meros mortais...

    "What we do in Wikipedia echoes in eternity!" (Eu Eu)



    • " Crentes; nem vendo dá para crer que existem! " (Eu Eu)
    • "Fé e razão são como a dualidade onda partícula: pode-se ter as duas coisas, mas nunca ao mesmo tempo." (Alberto Ricardo Präss)
    • "A dicotomia entre fé e razão só perdura para aqueles que não vislumbram o estado emaranhando das partes; o Universo de forma holística!" (Eu Eu).
    • "  ;

    O Universo compõe-se por dois mundos complementares, habitados, e entre eles há uma relação dual ao estilo partícula-onda [ (eu) entendi isso apenas recentemente...];

    Descrevendo a evolução dos corpos e a dinâmica da matéria energia no mundo físico têm-se as leis naturais da Biologia, Física, Química; e demais cadeiras científicas pertinentes;

    O que não se entende sobre a disputa evolução versus criação é que ambas as teorias estão corretas; cada qual em um dos mundos;

    Engana-se aquele que busca entender um dos mundos com as regras de outro, que o diga Galileu;

    Engana-se aquele que julga serem as regras próprias a um dos mundos suficientes para compreender o Universo (não se recrimine. Já fiz isso...);

    A descrição de um simples átomo exige considerações complexas que extrapolam o fisicamente enumerável;

    Jesus é um Gato de Schrödinger que a Ciência ainda não compreendeu." (Eu Eu).

    • "No dia em que o homem compreender o que se passa no íntimo de um animal, qualquer crime contra um animal será um crime contra a humanidade." (Leonardo da Vinci)


    • "Agradeço do fundo do coração: ao Criador, por nos permitir deslumbrar, participar, e aprender com a Sua mais bela obra, à minha família, pelo incentivo e apoio nas horas mais difíceis..." [Ref. 1]


    Referências

    1. Chieza: Dissertação [1].