Viðoy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Localização de Viðoy
Mapa de Viðoy
Selo mostrando Viðoy
Lançado a 25 de Maio de 1999
Foto: Per á Hædd

Viðoy (em dinamarquês: Viderø) é uma das Ilhas Feroe. De todas as ilhas do arquipélago, é que se situa mais a norte. Localiza-se a leste da ilha de Borðoy, a qual se encontra ligada por um aterro. O seu nome significa ilha da madeira, apesar de lá não existir nenhuma árvore. Na realidade, o nome refere-se a madeira transportada pelo mar, que flutua desde a Sibéria e da América do Norte até à ilha.

  • Área: 41 km² (7ª posição)
  • População: 617 habitantes (7ª posição, a 31 de Dezembro de 2002)
  • Densidade populacional: 15 habitantes/km²
  • Montanha mais elevada: Villingadalsfjall, 841 m
  • Número de cumes: 11
  • Município: Viðareiði

Geografia[editar | editar código-fonte]

Existem duas povoações na ilha: Hvannasund, na costa sudeste, e Viðareiði, na costa nordeste, sendo esta a povoação situada mais a norte nas Ilhas Faroés. Encontram-se ligadas por uma estrada ao longo da costa ocidental da ilha.

A ilha encontra-se ligada por uma estrada sobre um aterro a Norðdepil, em Borðoy, existindo um serviço regular de autocarro a partir de Klaksvík até à ilha.[1]

Viðoy possui onze montanhas, entre as quais Villingadalsfjall constitui o cume mais a norte no arquipélago. A costa norte possui ainda a falésia do cabo Enniberg, que, com os seus 750 m acima do mar, é a mais alta da Europa. O cabo Enniberg é o ponto mais setentrional do arquipélago.

Montanhas[editar | editar código-fonte]

A ilha possui onze montanhas, aqui mostradas com a sua posição global no cômputo geral do arquipélago:

Posição Nome Altura
3 Villingadalsfjall 841m
24 Nakkurin (norðari) 754m
29 Malinsfjall 750m
52 Filthatturin 688m
53 Oyggjarskoratindur 687m
67 Enni 651m
84 Sneis 634m
116 Tunnafjall 593m
147 Talvborð 557m
174 Mølin 511m
192 Nakkurin 481m

História[editar | editar código-fonte]

No dia 23 de Abril de 1943, despenhou-se na ilha um hidroavião Catalina na encosta de uma montanha em Viðvíksrók. O hidrovião dirigia-se para a Noruega, transportando dinheiro e passageiros. Oito pessoas perderam a vida. Existem ainda destroços do aparelho em Viðvíksrók.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Em Viðareiði, é possível encontrar a igreja e o seu respectivo jardim, onde a personagem principal do romance '"Barbara"', de Jørgen-Frantz Jacobsen, Beinta, a esposa do clérigo, morava. A sua construção data de 1892.

A partir de Viðareiði, é relativamente fácil caminhar até Enniberg, a falésia mais alta da Europa.

Referências

  1. Swaney, Deanna (1999). Iceland, Greenland & the Faroe Islands 3 ed. [S.l.]: Lonely Planet Publications. ISBN 0864424531  Texto " Fevereiro " ignorado (ajuda); Texto " Junho " ignorado (ajuda); Verifique data em: |ano= / |data= mismatch (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Viðoy


Bandeira das Ilhas Faroés
Ilhas Faroés Ovelha das Ilhas Faroés
Borðoy | Eysturoy | Fugloy | Hestur | Kalsoy | Koltur | Kunoy | Lítla Dímun | Mykines | Nólsoy | Sandoy | Skúvoy | Stóra Dímun | Streymoy | Suðuroy | Svínoy | Vágar | Viðoy|