Voo Yeti Airlines 1199

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Voo Yeti Airlines 1199
Acidente aéreo
9N-AET, a aeronave que caiu (foto de 2009)
Sumário
Data 29 de maio de 2022 (2022-05-29)
Causa sob investigação
Local Mustang, Dhaulagiri, Nepal
Origem Aeroporto de Pokhara, Nepal
Destino Aeroporto de Jomsom, Nepal
Passageiros 19
Tripulantes 3
Mortos 22[1]
Aeronave
Modelo Viking Air DHC-6-300 Twin Otter
Operador Tara Air operado pela Yeti Airlines
Prefixo 9N-AET

O Voo Yeti Airlines 1199 foi um voo doméstico programado, operado pela Tara Air para a subsidiária Yeti Airlines do Aeroporto de Pokhara para o Aeroporto de Jomsom no Nepal. Em 29 de maio de 2022, a aeronave Twin Otter, que transportava vinte e duas pessoas, sendo dezenove passageiros e três tripulantes, perdeu contato com os controladores de tráfego aéreo às 10h07 NPT (04h22 UTC).[2][3] A aeronave caiu no distrito de Mustang, matando todos os ocupantes.[4]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

De acordo com o Flightradar24, a aeronave do acidente era um De Havilland Canada DHC-6 Twin Otter registrado sob o número 9N-AET. Ele fez seu voo inaugural em abril de 1979.[5]

Voo[editar | editar código-fonte]

A aeronave decolou de Pokhara às 9h55, horário local, e estava programada para pousar no Aeroporto de Jomsom às 10h15. De acordo com a Autoridade de Aviação Civil do Nepal (CAAN), o avião perdeu contato com os controladores de tráfego aéreo às 10h07, acima de Ghorepani,[6] distrito de Myagdi.[2] O voo transportava vinte e dois ocupantes, sendo quatro indianos, dois alemães e treze nepaleses, entre estes últimos os dois pilotos e a comissária de bordo. A NDTV afirmou que os quatro passageiros indianos de Mumbai e membros da mesma família.[7]

Resposta de emergência[editar | editar código-fonte]

Os esforços de busca foram inicialmente prejudicados pelas más condições climáticas. A CAAN disse que um helicóptero de busca de Jomsom fez uma viagem de volta devido ao clima.[5] Os esforços de busca também foram conduzidos pela Kailash Air, mas sem sucesso.[2]

A localização do telefone do capitão foi rastreada por equipes de busca e salvamento com a assistência da Nepal Telecom. Um porta-voz da Yeti Airlines disse que os dados de rastreamento indicam que a última localização do telefone foi nas proximidades de Lete, uma vila no distrito de Mustang.[8] A CAAC disse que um transmissor localizador de emergência reduziu a possível última localização conhecida em torno da área de Khaibang.[2]

Moradores de Lete informaram a polícia de um "som incomum" perto da vila. Um policial disse que a polícia enviaria um helicóptero para a área.[9] Os controladores de tráfego aéreo no aeroporto de Jomsom também relataram ter ouvido um barulho alto na hora do desaparecimento.[10]

Cinco horas depois do desaparecimento, os destroços do avião foram encontrados perto de Kowang,[8] uma vila no distrito de Mustang. Moradores relataram ter visto a aeronave em chamas no pé do Monte Manapathi, perto da foz de um rio. Um oficial do exército nepalês disse que o pessoal estava viajando para o local do acidente.[9]

Os esforços de busca e resgate foram cancelados mais tarde naquele dia devido à queda de neve no local do acidente. Um general de brigada do exército nepalês twittou que a "perda da luz do dia e o clima adverso" levaram ao cancelamento das buscas e resgates, mas recomeçaram no dia seguinte.[11]

Em 31 de maio de 2022, os corpos das vítimas foram recuperados.[1]

Reações[editar | editar código-fonte]

A embaixada indiana no Nepal postou um tweet sobre o desaparecimento logo após ser relatado. Funcionários da embaixada disseram que estavam "mantendo contato" com as famílias dos quatro cidadãos indianos que eram passageiros do voo.[12]

Referências

  1. a b Ansa (31 de maio de 2022). «Queda de avião no Nepal: socorristas recuperam corpos das 22 vítimas». iG. Consultado em 1 de junho de 2022 
  2. a b c d «Bad weather hampers search for missing Tara Air plane». The Kathmandu Post (em inglês). 29 de maio de 2022. Consultado em 29 de maio de 2022 
  3. «Nepal: Plane goes missing with 22 people on board, officials say». Sky News (em inglês). 29 de maio de 2022. Consultado em 29 de maio de 2022 
  4. «Queda de avião no Nepal: 20 corpos são encontrados». G1. Consultado em 2 de junho de 2022 
  5. a b «Tara Air plane with 22 people on board missing in Nepal». Channel News Asia. 29 de maio de 2022. Consultado em 29 de maio de 2022 
  6. «प्रेस विज्ञप्ति -३» [Comunicado de Imprensa-3]. Aeroporto Internacional Tribhuvan. Consultado em 29 de maio de 2022 
  7. «Four Of Mumbai Family Among 22 People Onboard Plane That Crashed In Nepal». NDTV (em inglês). 29 de maio de 2022. Consultado em 29 de maio de 2022 
  8. a b HT News Desk (29 de maio de 2022). «Last phone location of pilot of missing Nepal plane traced in Mustang's Lete area: Report». Hindustan Times (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2022 
  9. a b HT News Desk (29 de maio de 2022). «Missing Nepal plane with 22 onboard found in Mustang, search teams head to site: Report». Hindustan Times (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2022 
  10. Arun Nair, ed. (29 de maio de 2022). «Nepal Plane With 22 On Board, Including 4 Indians, Crashes Near River». NDTV (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2022 
  11. «Bad weather forces Nepal Army to halt search for missing Tara Air plane». The Kathmandu Post (em inglês). 29 de maio de 2022. Consultado em 30 de maio de 2022 
  12. HT News Desk (29 de maio de 2022). «India on 4 aboard missing Nepal plane: Search ops on, in touch with families». Hindustan Times (em inglês). Consultado em 29 de maio de 2022