Vulcão Mayon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura plea iguaria equatoriana também conhecida como mayón, veja Chontacuro.
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com um evento atual.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 26 de fevereiro de 2018.)
Vulcão Mayón
Fluxos piroclásticos descem através das encostas do vulcão em 1984.
Vulcão Mayón está localizado em: Filipinas
Vulcão Mayón
Coordenadas 13° 15' 24" N 123° 41' 6" E
Altitude 2 463 m (8 081 pés)
Proeminência 2 447 m
Listas Ultra
Localização Luzon, Filipinas
Última erupção 2018

O vulcão Mayon é um vulcão nas Filipinas, situado na província de Albay. O seu cume com a forma de um cone quase perfeito é considerado como sendo mais belo do que o Monte Fuji no Japão. Alguns quilômetros a sul do vulcão situa-se a cidade de Legazpi.

O Mayon é classificado por vulcanólogos como um estratovulcão (vulcão composto). O seu cone simétrico foi formado alternadamente por fluxos piroclásticos e escoadas de lava. É o vulcão mais ativo do país, tendo entrado em erupção pelo menos 50 vezes nos últimos quatrocentos anos.

A erupção mais destrutiva do Mayon, alvo de relatos ou registros, ocorreu a 1 de fevereiro de 1814, tendo os fluxos de lava enterrado na cidade de Cagsawa e cerca de 1200 pessoas pereceram tendo apenas resistido o campanário da igreja.

Situa-se entre a Placa Euroasiática e a Placa Filipina, numa fronteira com potencial altamente destrutivo, pois a placa continental, ao ser empurrada por uma placa oceânica, esta última, que é mais densa, é obrigada a descer, o que provoca a formação de magma no plano de Benioff assim gerado.

A sua última erupção foi em 25 de janeiro de 2018 . A erupção expeliu magma que gerou uma coluna de gás e cinzas de 3.000 metros de altura e alimentaram de lava os rios que se localizam a 3000 mil metros da cratera. Quando o alerta foi emitido foi de nível 4 que significa um explosão perigosa de uma escala de 5.[1]

O vulcão Mayon

Referências