Wanpaku Ōji no Orochi Taiji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Wanpaku Ōji no Orochi Taiji
わんぱく王子の大蛇退治
Príncipe Suzano e o Dragão de 8 Cabeças (PT/BR)
Japão
1963 •  cor •  86 min 
Direção Yūgo Serikawa
Roteiro Ichirō Ikeda
Takashi Iijima
Elenco Morio Kazama
Yukiko Okada
Chiharu Kuri
Gênero Anime
Música Akira Ifukube
Cinematografia Mitsuaki Ishikawa
Hideaki Sugawara
Edição Ikuzō Inaba
Companhia(s) produtora(s) Tōei Animation
Distribuição Tōei Company (Japão)
Columbia Pictures (EUA)
Lançamento Japão 24 de março de 1963
Estados Unidos 1 de janeiro de 1964
Idioma Japonês
Página no IMDb (em inglês)

Wanpaku Ōji no Orochi Taiji (わんぱく王子の大蛇退治? ou Príncipe Suzano e o Dragão de 8 Cabeças) é um anime de aventura japonês, o sexto produzido pelo estúdio Tōei Animation (depois Tōei Dōga), lançado no Japão em 24 de março de 1963. Versões dubladas em inglês foram lançadas sob diversos títulos, incluindo The Little Prince and the Eight-Headed Dragon, Prince in Wonderland e Rainbow Bridge.[1]

Baseado no mito xintoísta da batalha do deus das tormentas Susanoo com o dragão Yamata no Orochi; a animação colorida em formato anamórfico "TōeiScope" teve o roteiro de Ichirō Ikeda e Takashi Iijima e foi dirigido por Yūgo Serikawa. Considerado um dos melhores trabalhos de Tōei Dōga e um divisor de águas em anime e animações em geral,[2] ficando em 10º lugar na lista das 150 melhores animações e séries de todos os tempos compilado pelo Laputa Animation Festival de Tóquio por uma equipe avaliadora de animadores e críticos em 2003.[3] Apresenta um personagem modernista, abstrato, com desenhos de fundo (background) e design de cores, aqui representados pelo diretor de animação Yasuji Mori, os animadores Yasuo Ōtsuka e Yōichi Kotabe[4] e os diretores assistentes Isao Takahata e Kimio Yabuki. A trilha sonora, composta por Akira Ifukube, também é aclamada pelos críticos.[5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

O filme conta a estória do deus Susano'o (aqui representado por um príncipe ainda garoto), cuja mãe Izanami acabara de morrer. Está profundamente ferido pela perda de sua mãe. Seu pai Izanagi diz ao príncipe que sua mãe está agora no céu. Apesar das advertências de Izanagi, Susano'o parte para tentar acha-lá. Junto de seus companheiros, Akahana (um pequeno coelho falante) e Titan Bō (um gigante forte e amável, vindo da Terra do Fogo), Susano'o supera todos os obstáculos em sua longa jornada. Ele acaba chegando na Província de Izumo, onde encontra a princesa Kushinada, uma pequena garota que se torna sua amiga (ele também acha ela tão bonita que até se parece com sua mãe). A família de Kushinada diz a Susano'o que outras sete filhas deles foram sacrificadas para a assustadora serpente de oito cabeças, Yamata no Orochi. Susano'o está tão apaixonado por Kushinada que decide ajudar sua família à protege-la e matar Orochi de uma vez por todas. Ele, Akahana e Bō se preparam para o confronto.

Artistas[editar | editar código-fonte]

  • Produtor executivo: Hiroshi Ōkawa
  • Desenvolvedores: Shin Yoshida, Isamu Takahashi, Takashi Iijima
  • Diretor de animação: Yasuji Mori
  • Animadores: Hideo Furusawa, Masao Kumagawa, Yasuo Ōtsuka, Daikichirō Kusube, Makoto Nagasawa, Chikao Katsui, Yōichi Kotabe, Masatake Kita
  • Supervisor: Sanae Yamamoto
  • Diretor de arte: Reiji Koyama
  • Artistas de background: Tomō Fukumoto, Eiko Sugimoto, Isamu Kageyama, Hideo Chiba
  • Estilista de cores: Saburō Yokoi
  • Diretores assistentes: Isao Takahata, Kimio Yabuki
Vozes

Recepção[editar | editar código-fonte]

Elogios recebidos por Wanpaku na época de seu lançamento incluem ser honrado com a Bronze Osella no Festival de Veneza, o Ōfuji Noburō Award no Mainichi Film Award de 1963[6] e ser recomendado oficialmente pelo Ministro da Educação do Japão e pelo Ministro da Saúde do Japão. Mais recentemente, Genndy Tartakovsky está entre os que identificaram a animação como influência primordial na direção e design para Samurai Jack.[7]

Referências

  1. Stanley, John (2000). Creature Features: The Science Fiction, Fantasy, and Horror Movie Guide. New York: Berkley Books. p. 312 
  2. Ettinger, Benjamin. «Tōei Dōga». AniPages Daily. Pelleas. Consultado em 3 Abril de 2011. 
  3. «150 best animations of all time (from 2003 Laputa Festival)». Animatsiya in English. 29 de maio de 2008. Consultado em 3 abril de 2011. 
  4. Ettinger, Benjamin (29 de outubro de 2011). «The seconding system at Toei Doga». Anipages. Pelleas. Consultado em 31 outubro de 2011. 
  5. Godzilla monster music .
  6. http://nishikataeiga.blogspot.com/2010/12/noburo-ofuji-award.html
  7. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome Cartoon

Ver também[editar | editar código-fonte]