War Story

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
War Story
História de Guerra (BR)
Estados Unidos
2014 •  cor •  90 min 
Direção Mark Jackson
Produção Catherine Keener
Kristin Gore

Matt Ratner
Shona Tuckman

Elenco Catherine Keener
Hafsia Herzi
Ben Kingsley
Gênero Drama
Música Amy Lee
Dave Eggar
Cinematografia Reed Morano
Edição Kate Abernathy
Distribuição Caney Fork Films
Kreate Films
Sicily Movie
Tilted Windmill Productions
Lançamento 19 de janeiro de 2014 (Sundance)
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

War Story (brː História de Guerra) é um filme estadunidense de drama dirigido por Mark Jackson, que anteriormente dirigiu Without (2011).[1] O filme conta com os atores Catherine Keener, Hafsia Herzi e Ben Kingsley.[2] Roteiro é por Kristin Gore, música de Dave Eggar, Chuck Palmer e Amy Lee,[3] e cinematografia por Reed Morano.[4]

O filme teve sua estreia mundial no Festival de Cinema de Sundance em 19 de janeiro de 2014.[5][6] O filme foi mais tarde exibido no Festival Internacional de Cinema de Rotterdam em 2014.[7]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Lee, uma fotógrafa de guerra, vai para a Sicília em vez de voltar para casa em Nova York, para esquecer que foi feita refém na Líbia. Na Sicília, ela cruza o caminho com o seu antigo amante e mentor Albert e tenta ajudar Hafsia, uma jovem tunisiana migrante, a fugir para a França.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A música para o filme foi escrita e composta por Amy Lee, vocalista da banda de rock norte-americana Evanescence, e Dave Eggar. O álbum da trilha sonora foi lançado em 25 de agosto de 2014.

Recepção[editar | editar código-fonte]

War Story recebeu um misto de respostas negativas dos críticos, com uma classificação de 45% no Rotten Tomatoes. Todd McCarthy, em sua crítica para o The Hollywood Reporter, elogiou o filme ao dizer que é "um estudo da personagem atraente e muito bem filmado de uma fotógrafa de zona de guerra em conflito pessoal".[8] Mark Adams do Screen International elogiou o filme ao dizer que é "uma drama densa e tensa, um estudo de transtorno de estresse pós-traumático que, no seu melhor, é extremamente tenso e pesado com tristeza".[9] Chris Michael, em sua crítica para o The Guardian, classificou o filme com três estrelas e disse que "Catherine Keener transpira angústia obscura na narrativa de Mark Jackson sobre a experiência de um imigrante na Europa".[10]

Elogios[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Destinatário Resultado
2014 Festival Internacional De Cinema De Roterdão Tiger Award Mark Jackson Nominado

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]