William John Macquorn Rankine

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
William John Macquorn Rankine
Nascimento 5 de julho de 1820
Edimburgo
Morte 24 de dezembro de 1872 (52 anos)
Glasgow
Nacionalidade Escócia Escocês
Alma mater Universidade de Edimburgo

William John Macquorn Rankine (Edimburgo, 5 de julho de 1820Glasgow, 24 de dezembro de 1872) foi um polimata escocês com nacionalidade britânica, que trabalhou nos setores da engenharia civil, auxiliando nos trabalhos da engenharia mecânica e naval, além de físico.[1]

Ele com o trabalho científico de Rudolf Clausius e William Thomson fundou a termodinâmica. Seus trabalhos mais conhecidos estão na formulação da Primeira Lei da Termodinâmica e na construção do motor a vapor, além de diversos manuais de engenharia, no desenvolvimento de conceitos de hidrodinâmica que são aplicado até hoje. Publicou centenas de artigos e notas sobre ciência e engenharia, a partir de 1842. Com interesses diversificados, estudou botânica e a teoria da música, passando pelos ramos da matemática, ciência e engenharia. Ele era um cantor amador entusiástico que compunha suas próprias músicas.

Em virtude ao seu trabalho científico, ele teve algumas honras durante a sua vida e depois da sua morte, como na participação da Sociedade Real de Edimburgo e como membro da Royal Society.[2]

Trabalho científico[editar | editar código-fonte]

Dentro do trabalho científico de Rankine, ele trabalhou em diversos setores como a mecânica dos fluidos, a termodinâmica e na engenharia civil e naval, cujo detalhamento estará nos tópicos a seguir:

Engenharia civil[editar | editar código-fonte]

Após a conclusão do curso de engenharia civil, em 1838, ele iniciou a trabalhar como assistente aprendiz do Senhor John Benjamin Macneill, supervisor da comissão de estradas de ferro da Irlanda. Na época desenvolveu as técnicas do Método Rankine, que melhorava a aplicação do teodolito com a exploração de novos recursos na época e de técnicas de construção de curvas em estradas de ferro, causando significativos avanços na época.[3]

Em 1840, após o acidente ferroviário de Versailles, Rankine iniciou a estudar as suas causas da fadiga, cujo foi descoberto por Poncelet em 1839. Em 1843, ele publicou o artigo “On the Causes of Unexpected Breakage of Journals of Railway Axles” que citou sobre a cristalização dos metais e a fragilização pelas tensões flutuantes, devido a observação dos eixos ferroviários faturados.[4] Estes estudos com outros cientistas foram fundamentais para o desenvolvimento de técnicas para inspeção de trilhos e de outros produtos.[5]

Ele desenvolveu as técnicas da área da mecânica dos sólidos com a teoria dos empuxos em terrenos maciços, apresentado em 1857, com algumas observações diferentes da teoria de Coulomb. Esta teoria é aplicada atualmente com o empuxo de solo que teriam esforços sísmicos,[6],para os cálculos de resistência ao cisalhamento e em observações que requer uma instalação cuja provoque uma tração e compressão.[7]

Também trabalhou no desenvolvimento da técnica dos muros de contenção[8] e na edificação de portos, ferrovias, sistemas de fluviais e hidráulicos. [9]

Engenharia naval[editar | editar código-fonte]

A consolidação da engenharia naval como parte da ciência na engenharia pode ser dado pelo trabalho de Rankine e do seu colaborador James Robert Napier no desenvolvimento da Instituição de Engenheiros e Navegantes da Escócia em 1857,[10] além do desenvolvimento científico e técnico ao setor, como na construção do conceito do corpo de Rankine.[11]

Mecânica (Física)[editar | editar código-fonte]

Neste setor, Rankine trabalhou no desenvolvimento de terminologias importantes, como: energia potencial, energia cinética e vórtice de Rankine.[12]

Termodinâmica[editar | editar código-fonte]

Em 1850, ele iniciou as suas pesquisas na termodinâmica com as pesquisas com a construção da hipótese dos vórtices moleculares para apresentar a proporcionalidade entre calor e trabalho igualando o trabalho produzido pela rotação na atmosfera elástica com o envolvimento das partículas de moléculas com o calor produzido.

Honrarias e participação de comissões[editar | editar código-fonte]

  • 1849: Correligionário da Sociedade Real de Edinburgh
  • 1853: Correligionário da Sociedade Real de Londres
  • 1854: Medalha Keith
  • 1855-1872: Professor de engenharia cívil e mecânica, Universidade de Glasgow
  • 1857: Primeiro presidente e membro fundador da Instituição de Engenheiros na Escócia
  • 1865: Conselheiro da Engenharia da Agricultura e da Terras Altas da Sociedade da Escócia[13]

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • On the Means of improving the Water Supply of Glasgow, 1852.
  • A Manual of Applied Mechanics, 1858.
  • A Manual of the Steam Engine and other Prime Movers, 1859.
  • A Manual of Civil Engineering, 1862.
  • Shipbuilding, Theoretical and Practical, 1866.
  • A Manual of Machinery and Millwork, 1869.[14]

Referências

Veja também[editar | editar código-fonte]


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikisource Textos originais no Wikisource
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) físico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.