Wim Jansen

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Wim Jansen
Wim Jansen 1974c.jpg
Informações pessoais
Nome completo Wilhelmus Marinus Anthonius Jansen
Data de nasc. 28 de setembro de 1946
Local de nasc. Roterdã, Países Baixos
Falecido em 25 de janeiro de 2022 (75 anos)
Local da morte Hendrik-Ido-Ambacht, Países Baixos
Informações profissionais
Posição meio campo, defensor e treinador
Clubes de juventude
–1965 Feyenoord
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1965–1980
1980
1980–1981
1981
1981–1982
Feyenoord
Washington Diplomats
Ajax
Washington Diplomats
Ajax
jogos (golos)
Seleção nacional
1967–1980 Países Baixos
Times/clubes que treinou
1982–1986
1986–1987
1987–1988
1988–1990
1990–1993
1993–1994
1995–1996
1997–1998
2002–2003
2005–2009
Feyenoord (treinador das divisões de base)
Feyenoord (assistente)
Lokeren
SVV (diretor técnico)
Feyenoord
Arabia Saudita (assistente)
Sanfrecce Hiroshima
Celtic
Urawa Red Diamonds (assistente)
Feyenoord (assistente)

Wilhelmus "Wim" Marinus Anthonius Jansen (Roterdã, 28 de outubro de 1946Hendrik-Ido-Ambacht, 25 de janeiro de 2022) foi um futebolista e treinador neerlandês, que atuou como defensor e meia. Jansen jogou 65 jogos internacionais com a Seleção Neerlandesa de Futebol e jogou nos times que chegaram às finais da Copa do Mundo de 1974 e 1978.

Jogador[editar | editar código-fonte]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Ele passou a maior parte de sua carreira de jogador com o Feyenoord Rotterdam, entre 1965 e 1980. No Feyenoord, Jansen ganhou quatro Campeonatos de Liga, uma Copa Neerlandesa, uma Copa da UEFA em 1974 e a Liga dos Campeões em 1970, quando o Feyenoord derrotou o Celtic por 2- 1 em Milão.

Depois de quinze anos, Jansen foi aos Estados Unidos jogar no Washington Diplomats em 1980, mas depois de 27 jogos, ele voltou para os Países Baixos para assinar para o Ajax, sob o conselho de Johan Cruyff, que jogou junto com Jansen no Washington Diplomats.

Jansen jogaria como libero e preencheria uma lacuna na defesa do Ajax após a partida de Ruud Krol no verão de 1980. Ao final da temporada, eles terminaram como vice-campeão do campeonato atrás do AZ. Na temporada seguinte, o Ajax ganhou a Eredivisie com Jansen na equipe.

Os torcedores do Feyenoord não gostaram do seu antigo jogador jogando para seus principais rivais. Em sua estreia no Ajax (que, aliás, foi contra o Feyenoord e o Ajax perdeu por 4-2) uma bola de neve foi jogada em seus olhos e Jansen teve que sair do campo para tratamento. 

Jansen ficou no Ajax até o verão de 1982, quando se aposentou aos 35 anos.

Seleção nacional[editar | editar código-fonte]

Jansen jogou pela Seleção Neerlandesa que obteve o segundo lugar nas Copas do Mundo de 1974 e 1978.[1]

Treinador[editar | editar código-fonte]

Ele começou sua carreira de treinador em seu antigo clube Feyenoord, onde trabalhou como treinador das categorias de base e, em seguida, como assistente da primeira equipe, entre 1983 e 1987.

Após uma temporada como treinador do clube belga SC Lokeren, Jansen foi nomeado Diretor Técnico no SVV, eles estavam na segunda divisão dos Países Baixos. No SVV, Jansen ganhou a liga ao lado de seu treinador - o futuro treinador do Rangers, Dick Advocaat.

Em 1991, ele retornou ao Feyenoord como treinador, ganhando a Copa dos Países Baixos em 1991 e 1992 e levando-os para as semifinais da Taça dos vencedores da Taça UEFA em 1991-92 . Ele se tornou diretor técnico em 1992, com Hans Dorjee sendo nomeado como treinador, mas Dorjee ficou doente e Jansen assumiu como treinador novamente. O Feyenoord ganhou o Campeonato Neerlandês em 1993 e a Copa dos Países Baixos novamente na temporada seguinte, mas depois de uma briga com a diretoria do Feyenoord, Jansen trabalhou como como assistente da Arábia Saudita ao lado de Leo Beenhakker. Entre 1994 e 1997, ele também gerenciou o Sanfrecce Hiroshima.

Em 3 de julho de 1997, Wim Jansen foi nomeado treinador principal do Celtic. Ele passou a guiá-los para o seu primeiro campeonato da liga escocesa em dez anos, terminando as esperanças de Rangers rivais para ganhar um décimo campeonato consecutivo. Apesar de vencer a liga e a Copa da Ligada Escócia durante sua única temporada no comando, Jansen deixou o clube menos de 48 horas depois que o título foi garantido devido a um choque de personalidade com o diretor geral Jock Brown. Sua transferência mais notável foi a compra de Henrik Larsson do Feyenoord.

No início da temporada 2008-09, Jansen assumiu o cargo de assistente do treinador principal da primeira equipe do Feyenoord, Gertjan Verbeek.

Morte[editar | editar código-fonte]

Jansen morreu em 25 de janeiro de 2022, aos 75 anos de idade.[1]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Jogador[editar | editar código-fonte]

Feyenoord
  • Eredivisie (4): 1964-65 , 1968-69 , 1970-71 , 1973-74
  • Taça KNVB (1): 1968-69
  • Liga dos Campeões (1): 1969-70
  • Copa Intercontinental (1): 1970
  • Taça UEFA (1): 1973-74
Ajax
  • Eredivisie (1): 1981-82
Países Baixos
  • Copa do Mundo da FIFA vice campeão: 1974 , 1978
  • Campeonato Europeu da UEFA terceiro lugar (1): 1976
  • Torneio de Paris de Futebol: 1978

Treinador[editar | editar código-fonte]

Feyenoord
  • Taça KNVB (2): 1990-91 , 1991-92
Celtic
  • Scottish Premier Division (1): 1997-98
  • Scottish League Cup (1): 1997-98
Individual
  • Gestor do Ano da SFWA (1): 1997-98

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Feyenoord-icoon Wim Jansen (75) overleden». De Telegraaf (em neerlandês). 25 de janeiro de 2022. Consultado em 25 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Media relacionados com Wim Jansen no Wikimedia Commons