Wolfson College (Oxford)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Wolfson College (Oxford)
Lema Humani nil alienum (Homo sum, humani nil alienum a me puto)[1][2]
Fundação 1965
Localização Linton Road, Oxford
Presidente Sir Tim Hitchens
Página oficial wolfson.ox.ac.uk

Wolfson College ( /ˈwʊlfsən/) é uma faculdade constitutiva da Universidade de Oxford, na Inglaterra. Localizada no norte de Oxford, ao longo do rio Cherwell, Wolfson é uma faculdade totalmente graduada com mais de sessenta bolsistas do corpo governante, além de bolsistas pesquisadores e juniores. Ele atende a uma ampla gama de assuntos, das humanidades às ciências sociais e naturais. Como a maioria das faculdades mais novas de Oxford, ela é mista desde sua fundação em 1965.

O filósofo liberal Sir Isaiah Berlin foi o primeiro presidente do colégio e foi fundamental não apenas para sua fundação, mas também para estabelecer sua tradição de excelência acadêmica e igualitarismo. A faculdade abriga o Isaiah Berlin Literary Trust e a Isaiah Berlin Lecture. O atual presidente da faculdade é Tim Hitchens.[3]

Em 2019, a faculdade tinha uma dotação financeira de £48,5 milhões.[4]

O primeiro presidente de Wolfson, Sir Isaiah Berlin, o influente filósofo político e historiador de ideias, foi fundamental para a fundação da faculdade em 1965.

A faculdade começou sua existência com o nome de Iffley College, que oferecia uma nova comunidade para alunos de pós-graduação em Oxford, principalmente em ciências naturais e sociais. Doze outras faculdades da universidade forneceram bolsas para tornar possível o estabelecimento de Iffley. Em 1965, o colégio não tinha presidente nem prédio. Berlim decidiu mudar isso, finalmente garantindo o apoio da Fundação Wolfson e da Fundação Ford em 1966 para estabelecer um local separado para a faculdade, que incluía 'Cherwell', a antiga residência de JS Haldane e sua família, bem como novos edifícios construídos em torno dele. Isaac Wolfson contribuiu generosamente para a fundação do colégio. Em reconhecimento à sua contribuição, o nome da faculdade foi mudado para Wolfson College.

Ainda assim, o trabalho de Berlin como presidente do colégio estava longe de terminar. Assumindo formalmente as rédeas da faculdade em 1967, ele imaginou que Wolfson seria um centro de excelência acadêmica, mas, ao contrário de muitas outras faculdades em Oxford, também o vinculou a um forte etos igualitário e democrático.[5] Nas palavras de Berlin, o colégio seria "novo, sem entraves e sem pirâmide".

Edifícios e terrenos[editar | editar código-fonte]

Berlin quad
Tree quad

O prédio principal da faculdade, projetado por Powell and Moya Architects e concluído em 1974, é um dos prédios principais mais modernos de todas as faculdades de Oxford. Ele tem três quadriláteros: o quadrilátero central denominado Berlin Quad em homenagem a Isaiah Berlin, o Tree Quad construído em torno de árvores estabelecidas e o River Quad para o qual o rio Cherwell foi desviado para formar um porto de punt. O edifício principal e a passarela através do rio foram classificados como grau II em junho de 2011.[6]

Perfil acadêmico[editar | editar código-fonte]

Em 2008, Wolfson tinha 614 alunos de pós-graduação, 454 dos quais eram alunos DPhil. O restante estava estudando para MPhil, MSc, MSc pela Pesquisa, MSt, MSt pela Pesquisa, MBA, EMBA, MLitt, MLitt pela Pesquisa, BPhil e graus Cert. A faculdade não aceita candidatos MJur ou LLB.

Wolfson é o lar de uma série de grupos de pesquisa[7]

  • Grupo de Pesquisa do Mundo Antigo
  • Grupo de Pesquisa Digital
  • Grupo de Emergência Terrestre
  • Lei, Justiça e Sociedade em Wolfson
  • Oxford Centre for Life Writing
  • Grupo de Pesquisa do Sul da Ásia
  • Centro de Estudos do Tibete e Himalaia
  • Grupo de pesquisa de fundações quânticas
  • The Quantum Hub

Foi também lar do Centro de Estudos Sócio-Legais, Oxford,[8] que agora se mudou para uma localização independente na cidade. A Fundação para a Lei, a Justiça e a Sociedade, afiliada ao colégio e ao Centro de Estudos Sócio-Legais, está sediada lá desde 2005.[9]

Pessoas notáveis associadas a Wolfson[editar | editar código-fonte]

Em direito e políticas públicas, os ex-alunos incluem o Conselheiro Médico Chefe do Governo do Reino Unido, Chris Whitty, o ex-Ministro das Relações Exteriores do Brasil e o juiz da Suprema Corte Francisco Rezek, promotor-chefe do Tribunal Penal Internacional Karim Ahmad Khan, e Eric Lander, que é Diretor de Política Científica e Tecnológica e Conselheiro Científico do Presidente no Gabinete de Joe Biden. Sigmundur Davíð Gunnlaugsson, o mais jovem primeiro-ministro da Islândia, estudou no Colégio.

Fellows[editar | editar código-fonte]

Os atuais e ex-bolsistas notáveis do colégio incluem: William Bradshaw, Barão Bradshaw, Membro da Câmara dos Lordes; Anthony Epstein, descobridor do vírus Epstein-Barr; Steven Schwartz, vice-reitor da Macquarie University em Sydney, Austrália; Denis Mack Smith, historiador em Oxford; Niko Tinbergen, etologista holandês e ganhador do Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina; e Dorothy Hodgkin, ganhadora do Prêmio Nobel de Química.

Referências

  1. (A quote from the Roman playwright Terence: I am a human being and I consider nothing that concerns human beings alien to me)
  2. The original wording is a little different: Homo sum: humani nihil a me alienum puto. Ricord, Frederick W. (1885). The Self-Tormentor (Heautontimorumenos) from the Latin of Publius Terentius Afer with More English Songs from Foreign Tongues. New York: Charles Scribner's. p. 25. Consultado em 22 January 2018 – via Internet Archive  Verifique data em: |acessodata= (ajuda).
  3. «Wolfson College, Oxford». University of Oxford. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  4. «Wolfson College : Annual Report and Financial Statements : Year ended 31 July 2019» (PDF). ox.ac.uk. p. 20. Consultado em 9 de julho de 2020 
  5. Ignatieff, Michael (1998). Isaiah Berlin: A Life. [S.l.]: Chatto & Windus. ISBN 0-7011-6325-9 
  6. Historic England. «Details from listed building database (1402277)». National Heritage List for England. Consultado em 4 de abril de 2015 
  7. «Research Clusters». www.wolfson.ox.ac.uk (em inglês). Consultado em 10 de outubro de 2018 
  8. «Official website». University of Oxford. Consultado em 11 de novembro de 2017 
  9. «Foundation for Law, Justice and Society website». Fljs.org. Consultado em 11 de novembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]