World Coming Down

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
World Coming Down
Álbum de estúdio de Type O Negative
Lançamento 21 de Setembro de 1999
Gênero(s) Doom metal
Duração 73:58
Gravadora(s) Roadrunner Records
Produção Peter Steele, Josh Silver
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Type O Negative
October Rust
(1996)
Least Worst Of
(2000)

World Coming Down é o quinto álbum de estúdio da banda Type O Negative, lançado a 21 de Setembro de 1999. O disco atingiu o nº 39 da Billboard 200.[1]

Sobre[editar | editar código-fonte]

Da mesma forma que o álbum anterior da banda, October Rust, a primeira faixa também é uma piada — apropriadamente intitulada "Skip It" (algo como "Passe para a Próxima"), ela contém 11 segundos de um ruído semelhante a um CD arranhado e preso. As versões em fita cassete trazem o ruído de fita sendo enroscada. No final da faixa há um grito de "sucker!" ("otário!"), aparentemente dado pelo guitarrista Kenny Hickey.

A primeira canção, "White Slavery" ("Escravidão Branca") trata do vício em cocaína. Duas outras canções, "Everyone I Love Is Dead" ("Todos os que Amo Estão Mortos") e "Everything Dies" ("Tudo Morre") falam do luto e da dificuldade em presenciar a morte de pessoas queridas. Outra canção, "Who Will Save the Sane?" ("Quem Vai Salvar o Sensato?"), incorpora, entre outras bizarrices, Peter Steele recitando o número pi com nove casas decimais (3.141592653). O álbum traz três faixas de "ambientação" com nomes de órgãos do corpo, cada uma delas sugere uma possibilidade de morte das quais os membros da banda estão sujeitos: "Sinus" ("Seio paranasal") é a morte por uso de cocaína, "Liver" ("Fígado") por abuso de álcool, e "Lung" ("Pulmão") pelo tabagismo.

Peter Steele teve um pressentimento ao relatar a um amigo que não conseguia ouvir a faixa "Sinus" depois que a mixagem terminou, pois, dado o realismo da gravação, sentia um ataque de ansiedade, com seu coração batendo cada vez mais depressa. Peter morreria cerca de 11 anos depois, de parada cardíaca.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Skip It"   0:09
2. "White Slavery"   8:21
3. "Sinus"   0:43
4. "Everyone I Love Is Dead"   6:11
5. "Who Will Save the Sane?"   6:41
6. "Liver"   1:42
7. "World Coming Down"   11:10
8. "Creepy Green Light"   6:56
9. "Everything Dies"   7:43
10. "Lung"   1:36
11. "Pyretta Blaze"   6:57
12. "All Hallows Eve"   8:35
13. "Day Tripper (medley)" (cover de The Beatles) 7:02
Duração total:
73:46

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Peter Steele – Vocal, baixo, guitarra, teclados
  • Josh Silver – Teclados, vocal de apoio
  • Kenny Hickey – Guitarra, vocal de apoio
  • Johnny Kelly – Bateria, vocal de apoio

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Type O Negative é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.