Zetec

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

A Ford usou o nome Zetec para denominar uma variedade de Motores de quatro cilindros em linha para automóveis. Ele foi criado para substituir o nome "Zeta" na gama de motores 1.6 L a 2.0 L multi-válvulas lançados em 1991 porque a Ford estava sendo processada pela Lancia que era dona da marca Zeta.[1] A empresa usou o nome amplamente em publicidade na Europa e depois o introduziu no mercado com o Contour, variante norte-americana do Mondeo. No Brasil este motor esteve presente desde 1996, após o fim da Autolatina.

Motores[editar | editar código-fonte]

O nome Zetec foi usado em vários motores diferentes:

Nome Família Cilindrada Ano CAracteriscas
Zetec-E Zeta 1.6 L (1597 cc)
1.8 L (1796 cc)
2.0 L (1988 cc)
1992 — 2004 DOHC
Zetec-R Zeta 1.8 L (1796 cc)
2.0 L (1988 cc)
1998 — 2004 DOHC
Zetec-SE Sigma 1.25 L (1242 cc)
1.4 L (1388 cc)
1.6 L (1596 cc)
1.7 L (1679 cc)
1995 — presente DOHC
Zetec-Rocam Sigma 1.0 L (999 cc)
1.3 L (1297 cc)
1.6 L (1597 cc)
2000 — 2014 SOHC
Zetec TDCi Duratorq 1.4 L (1399 cc)
1.6 L (1560 cc)
1.8 L (1753 cc)
2.0 L ;(1998 cc)
2.2 L (2198 cc)
2.4 L (2402 cc)
2000 — presente Diesel

Zetec-SE[editar | editar código-fonte]

Os motores Zetec-SE 1.4 16v eram oferecidos na versão CLX, top de linha do Fiesta e na Courier. É derivado de um motor Yamaha/Mazda. No ano 2000, junto com a reestilização do automóvel, chegaram os motores Zetec Rocam 1.0 e 1.6, ambos de 8 válvulas. Ao contrário do Zetec-SE, que equipava apenas a versão top de linha do Fiesta, o Zetec Rocam equipava todas as versões.

Zetec-E[editar | editar código-fonte]

Os motores Zetec-E eram utilizados no Mondeo na versão 2.0 16V, e no Escort na versão 1.8 16V. Também foi utilizado posteriormente no Focus de primeira geração desde o seu lançamento, até 2005 em versões 1.8 e 2.0 16V. De 1992 a 2003, esta gama de motores era produzida na fábrica de motores da Ford localizada em Bridgend, País de Gales. A partir de 2003 até 2005 também foram produzidos em Chihuahua, no México.

Zetec-R[editar | editar código-fonte]

Os motores Zetec-R equipavam o Focus, lançado pela Ford em 1998.

Zetec Rocam[editar | editar código-fonte]

O Zetec Rocam (abreviação de Rollback Camshaft), é o mais popular em relação a outras variantes. Na Europa, era comercializado como Duratec 8V. Ele passou a ser usado a partir de 2000, no Fiesta e Ka, e posteriormente no EcoSport nas versões 1.0 e 1.6 (inclusive na versão 1.0 com supercharger na EcoSport e Fiesta). Na Courier, apenas na versão 1.6, ambos com 8 válvulas. O 1.6 8 válvulas também era oferecido nas versões básicas do Escort, de 2000 até 2003, e no Ford Focus de 2004 até 2008. Esses motores foram produzidos até 2014, quando versões antigas do Fiesta e Ka foram substituídos pela nova geração destes veículos, juntamente acompanhados de novos motores Sigma.

Duratec[editar | editar código-fonte]

Os modelos maiores da gama Zetec foram substituídos por motores Duratec, derivados do motor Mazda MZR. Estes são utilizados nos modelos EcoSport 2.0, Focus 2.0, Fusion e Ranger

Referências

  1. «Ford Zetec engines». Consultado em 20 de julho de 2017. Arquivado do original em 20 de setembro de 2012 
Ícone de esboço Este artigo sobre Mecânica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.