Supercompressor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Supercharger redireciona para este artigo. Se procura o álbum, veja Supercharger (álbum).
Supercompressor
1968 AMX blown and tubbed e.jpg

Supercharger em uma AMC motor V8 para Prova de arrancada

Tipo
Compressor de ar, component part of internal combustion engines (en)Visualizar e editar dados no Wikidata

Supercompressor (também conhecido como supercharger ou blower) é um compressor de ar usado para forçar a entrada de ar nos cilindros de um motor de combustão interna. A quantidade adicional de oxigênio que chega aos cilindros permite que o motor queime mais combustível, o que aumenta a eficiência volumétrica do motor e faz com que ele tenha mais potência. Um supercompressor é conectado ao virabrequim por uma correia (geralmente dentada) e duas polias, é instalado entre o sistema de alimentação (injeção mecânica, ou injeção eletrônica) e o coletor de admissão. Sua finalidade é muito semelhante a do turbocompressor, mas um turbocompressor é acionado pela energia dos gases de escape gerados no motor para girar uma turbina. Em aplicações onde uma quantidade grande de força física é mais importante que qualquer outra coisa, como nas corridas de dragsters e em veículos utilizados nas competições tractor pulling, os supercompressores são muito comuns. É muito popular em motores norte-americanos, principalmente os V8.

História[editar | editar código-fonte]

1934 Mercedes-Benz W25 supercharged Straight-8 no Goodwood Festival of Speed 2009

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

Em 1860, os irmãos Philander e Francis Marion Roots de Connersville, Indiana, patentearam o design para um deslocador de ar para uso em um Alto-forno e outras aplicações industriais. O primeiro "Supercharger" do mundo realmente testado foi feito pelo Dugald Clerk, quem usou no primeiro motor dois tempos em 1878. Gottlieb Daimler recebeu uma patente alemã por equipar um motor à combustão com o supercompressor em 1885. Louis Renault patenteou um supercompressor centrífugo na frança em 1902. Anteriormente um carro de corrida equipado com o supercompressor foi construído por Lee Chadwick de Pottstown, Pensilvânia em 1908, o qual foi relatado ter alcançado uma velocidade de 100 mph (160km/h).

A primeira construção de carros com supercompressor em série do mundo foram os Mercedes de 6/25/40 cavalos e os Mercedes de 10/40/65 cavalos. Ambos modelos foram introduzidos em 1921 e tinham supercompressores de fábrica.

Tipos de Supercompressores[editar | editar código-fonte]

Existem dois tipos principais de supercompressores definidos de acordo com o método de compressão: descarga positiva e compressores dinâmicos. O primeiro entrega um nível relativamente constante de acréscimo de pressão em todas as velocidades do motor (RPM), enquanto o último acrescenta pressão de acordo com a velocidade do motor.

Compressor centrífugo[editar | editar código-fonte]

O compressor centrífugo é similar a um turbo, só que sem a "carcaça quente", essa parte é ligada ao motor por meio de uma polia, a rotação do motor faz girar o lado “frio” (o lado do compressor) a uma velocidades em torno de 50.000 RPM (contra 250.000 RPM do turbo).[1]

Compressor Lysholm[editar | editar código-fonte]

O compressor Lysholm, também conhecido com “compressor de parafuso” ou “twin-screw” (do inglês: duplo parafuso),foi inventado em 1935 por Alf Lysholm, este é o tipo mais comum e eficiente de supercompressores, no entanto o mais caro, esse modelo equipa modelos como o Jeep Grand Cherokee, Ford mustang, chevrolet camaro entre outros. o funcionamento desse mecanismos é simples, o compressor funciona com dois parafusos paralelos que sugam o ar e o comprimem para depois o enviar para o motor.[1]

Blower[editar | editar código-fonte]

O blower, também conhecido como Roots, é o modelo mais antigo de todos, ele foi inventado em 1860 pelos irmãos roots (Philander e Francis Marion Roots). O nome blower (em português: soprador) faz referencia ao seu funcionamento, ele funciona soprando ar para o motor por meio de dois rotores, mas não comprimindo por isso ele é considerado o modelo menos eficiente.[1]

Referências

  1. a b c RVAROLI (10 de março de 2012). «Como Funciona o Supercharger?». gearheadbanger.com 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Motor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.