Açoro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaAçoro
Acorus calamus1.jpg

Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Liliopsida
Ordem: Acorales
Família: Acoraceae
Género: Acorus
Espécie: A. calamus
Nome binomial
Acorus calamus
L.

Açoro (Acorus calamus) também cálamo-aromático, acorina, lírio-dos-charcos ou cana-cheirosa é uma planta medicinal pertencente à família das Acoraceae. Proveniente da Índia e introduzida no ocidente no século XIII. Possui uma raiz aromática e de sabor acre.

Propriedades e indicações[editar | editar código-fonte]

O rizoma do cálamo possui um óleo essencial amargo, o Oleum calami que tem as propriedades de: aumentar o apetite(aperitivo), facilitar a digestão (eupéptico), eliminar gases do tubo digestivo(carminativo).

Acrescentando a decocção á água de um banho,o cálamo se torna um relaxante muscular, alivia dores reumáticas, concilia o sono e acalma pruridos da pele,como erupções e urticária.

Precauções[editar | editar código-fonte]

Um dos componentes do óleo essencial é a cis-isoasarona que causa efeitos tóxicos com o uso prolongado (mais de um mês).Há óleos preparados isentos deste componente.

Habita[editar | editar código-fonte]

Cresce nas margens de rios,charcos e pântanos.Encontrado em quase todo o Brasil,Europa e América do Norte.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Planta que mede de 60 a 150 cm de altura.As folhas estreitas são lanceoladas.Sua inflorescência é uma espiga cilíndrica.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Nova Enciclopédia Portuguesa, Ed. Publicações Ediclube, 1996.
  • Plantas Mágicas,Enciclopédia das Plantas Medicinais.Ed.Planeta.1998.