ATLAS (experiência)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Caverna de ATLAS a 16 Outubro 2004, dia das Portas Abertas nos 50 anos do CERN

ATLAS - sigla inglesa de A Toroidal LHC ApparatuS (Dispositivo Instrumental Toroidal para o LHC) é um detector que utiliza um eletroíman toroidal onde o campo magnético fecha-se sobre si-mesmo no ar, e é uma das 6 experiências do LHC do CERN conjuntamente com ALICE, CMS, LHCb, LHCf e TOTEM.

O ATLAS [1] é um detector de partículas semelhante ao CMS, mas de maiores dimensões e de concepção diferente. Tem por finalidade detectar o bósão de Higgs, partículas supersimétricas (SUSY) que são preditas pela teoria mas ainda não foram detectadas experimentalmente.

A construção de ATLAS é o resultado de uma colaboração de 172 institutos provenientes de 37 países para um total de mais de 2 500 cientistas.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Dimensões : 46 m de comprimento, 25 m de largura e de altura.
  • Peso : 7 000 toneladas

O complexo do CERN[editar | editar código-fonte]

A composição do CAC, sigla em inglês de CERN Acelarators Complex.

(1) antes que o LEP dê lugar ao que é hoje o LHC


Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]