Adolf Meyer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Adolf Meyer (Niederweningen, Cantão Zurique, 13 de setembro de 1866Baltimore, 17 de março de 1950) foi um psiquiatra suíço. Estudou psiquiatria e neuropatologia na Universidade de Zurique e emigrou para os Estados Unidos da América em 1892. [1]

Adolf Meyer atingiu a proeminência como o presidente da Associação Psiquiátrica Americana e foi uma das mais influentes figuras da psiquiatria na primeira metade do século XX. [2] [1] Seu foco sobre a recolhimento de histórias detalhadas de casos sobre pacientes é a mais importante das suas contribuições; juntamente com sua insistência em que os doentes possam ser melhor compreendidos através da consideração das suas situações da vida.

Referências

  1. a b Plon, Michel; Élisabeth Roudinesco. Dicionário de psicanálise. [S.l.]: Zahar, 1998. 874 pp. p. 247. ISBN 9788571104440
  2. De Marco, Mario Alfredo. A face humana da medicina: do modelo biomédico ao modelo biopsicossocial. [S.l.]: Casa do Psicólogo, 2003. 296 pp. p. 51. ISBN 9788573962710
Ícone de esboço Este artigo sobre psicologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.