Al-Hira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Manuscrito em língua persa do século XV descrevendo a construção do castelo de Al-Khornaq em Al-Hira, capital dos Lacmidas. Miniatura pintada por Behzad

al-Hīra ou al-Hirah (em árabe: الحيرة) é uma antiga cidade localizada a sul de al-Kufah no centro-sul do Iraque.

Foi um acampamento militar que no século V e VI se tornaria a capital do estado árabe cristão nestoriano dos lacmidas (considerado o primeiro estado árabe fora da Arábia sem contar com Hatra e Palmira, cidades-estado árabes, nem o reino dos nabateus de Petra que de facto eram árabes), que entre os séculos IV e VII foram vassalos do Império Sassânida. Foi um bispado nestoriano que exportava o cristianismo para a Arábia. Crê-se que foi em al-Hira que se desenvolveu a escrita árabe. Foi também um centro de poetas e homens de letras árabes como Abid, Tarafa ou An-Nabigha, e do maior poeta pré-islâmico, Adi ibn Zayd, da comunidade cristã dos Ibad.