Alberto Festa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde março de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Alberto Festa de nome completo Alberto Augusto Antunes Festa (Santo Tirso, 21 de Julho de 1939) foi um antigo jogador de futebol da selecção portuguesa. Jogava na posição de defesa.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Representou o Futebol Clube Tirsense e o Futebol Clube do Porto. No princípio dos anos 60, o FC Porto tinha um grande problema para resolver: arranjar um substituto para Virgílio Mendes, o "Leão de Génova", que realizara 17 épocas no clube. A aposta foi num jovem que pontificava no Tirsense, de nome de guerra Festa. Rapidamente se provou que o posto de defesa-direito estava de novo bem preenchido.

Selecção Nacional[editar | editar código-fonte]

Alcançou 19 internacionalizações. O único elemento do FC Porto que participou na fase final do Campeonato do Mundo de 1966 foi o defesa Festa. O grande momento da sua carreira foi, também, o ponto final da sua passagem pela selecção nacional.

Assim o consideraram os responsáveis pela selecção nacional na campanha de qualificação para o Campeonato do Mundo de 1966, utilizando-o em cinco dos seis jogos dessa fase. Durante o torneio final, Festa começou por não ser escolhido para o primeiro jogo, mas veio a ser utilizado no segundo perante a Bulgária, nas meias-finais com a Inglaterra e na partida que atribuiu o terceiro posto perante a União Soviética.

Em conclusão, alternou no posto com o sportinguista João Morais, realizando cada um o mesmo número de encontros. Com a União Soviética tinha totalizado a 19.ª internacionalização.

Referências

  • A História dos Europeus de Futebol, 2004

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]