Mário Coluna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mário Coluna
Mário Coluna
Coluna em 1969
Informações pessoais
Nome completo Mário Esteves Coluna
Data de nasc. 6 de Agosto de 1935
Local de nasc. Ilha da Inhaca, Portugal África Oriental Portuguesa
Nacionalidade Portugal português, depois Moçambique
Falecido em 25 de fevereiro de 2014 (78 anos)
Local da morte Maputo, Moçambique Moçambique
Altura 1,72
Apelido O Monstro Sagrado
Informações profissionais
Período em atividade 1954–1972 (18 anos)
Posição Médio centro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1954–1970
1970–1972
Portugal Benfica
França Lyon
0525 000(127)
0019 000(2)
Seleção nacional
1955-1968 Flag of Portugal.svg Portugal 0057 000(8)

Mário Esteves Coluna MPIH (Ilha da Inhaca, 6 de Agosto de 1935Maputo, 25 de Fevereiro de 2014) foi um futebolista luso-moçambicano.[1]

Foi um dos melhores jogadores do Benfica, entre 1954/55 e 1960/70, sendo duas vezes campeão europeu, em 1961 e 1962, tendo sido o segundo africano a erguer a Taça dos Campeões Europeus (o primeiro foi José Águas, de nacionalidade angolana, em 1961).[2]

Foi 57 vezes internacional A, marcando 8 golos, entre 1955 e 1968. Foi o capitão da selecção nacional que alcançou o 3º lugar no Campeonato do Mundo de Futebol, em 1966. É conhecido como o "Monstro Sagrado".[1]

Venceu dez Ligas Portuguesas, sete Taças de Portugal e cinco Taças de Honra da Associação de futebol de Lisboa, tudo ao serviço do Sport Lisboa e Benfica.[1]

A 19 de Dezembro de 1966, foi agraciado com a Medalha de Prata da Ordem do Infante D. Henrique.[3]

Foi presidente da Federação Moçambicana de Futebol (FMF). Antes de ser eleito para a FMF, criou uma Academia de Futebol na vila da Namaacha, para formação de jovens (garotos) moçambicanos, com apoio financeiro da FIFA.[2]

A 25 de Fevereiro de 2014, com 78 anos, o Monstro Sagrado perdeu a vida no Instituto do Coração em Moçambique, em consequência de complicações decorrentes de uma infecção pulmonar (inclusivamente uma paragem cardiorrespiratória).[4]

Referências

  1. a b c Coluna:Um senhor e um monstro sagrado FIFA. Visitado em 26 de Fevereiro de 2014.
  2. a b FIFA - Football in Mozambique (em inglês)
  3. Ordens Honoríficas Portuguesas Presidência da República. Visitado em 26 de Fevereiro de 2014.
  4. Morreu Mário Coluna Cofina Record (25 de Fevereiro de 2014). Visitado em 25 de Fevereiro de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre um futebolista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.